Conectado por

Educação

Escola do Ministério Público promove ações de responsabilidade social em MT


Compartilhe:

Publicado por

em

Para contribuir com um meio ambiente mais sustentável, a Escola Superior do Ministério Público de Mato Grosso (FESMP/MT) faz a neutralização de carbono e a compensação das emissões de gás carbônico (CO2) de todos os seus eventos e, com isso, contribui para a preservação da floresta amazônica, em especial das áreas de reserva do Projeto do Núcleo Arinos Mata Viva.

A aquisição de serviços ambientais é feita por meio da Forest Friend, marca registrada da RBC Sustentável, que comercializa os créditos de floresta dos produtores do Programa Brasil Mata Viva no mercado de varejo, ou seja, para consumidores finais. O título de crédito da FESMP/MT foi emitido em maio deste ano e o período de compensação segue até maio de 2019. Leia mais: https://www.forestfriend.org/

Para o diretor da Escola do Ministério Público Joelson de Campos Maciel, da Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente, “tornar a FESMP sustentável é lançar um olhar ao nosso redor e convidar as pessoas para agirem na preservação das florestas de forma real e viável, fugindo do discurso vazio”.

Ele explicou que os serviços ambientais (biodiversidade, sequestro de CO2, remédios das plantas, controle de umidade, etc) são benefícios mais palpáveis e se renovam a cada ano.

Outras ações

Entre as ações de responsabilidade social, a FESMP também utiliza energia solar, mais limpa e renovável, evitando agredir o meio ambiente com poluentes e outros resíduos; realiza a reciclagem e reaproveitamento de insumos de escritório como instrumento de preservação no ambiente urbano.

A Escola Superior do Ministério Público busca também contribuir para uma sociedade mais justa com estrutura que possui acessibilidade e espaço igualitário para homens e mulheres; e com o apoio às organizações da sociedade civil como a Associação de Dislexia de Mato Grosso e a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).