Conectado por
Governo de Rondônia

Esporte

Escalado por R$ 1 milhão com doação de empresário de MT, Rodinei acaba expulso de jogo

Publicado por

em


Continua após a publicidade

Após desembolsar R$ 1 milhão para Internacional ter o direito de escalar o jogador Rodinei, o produtor rural Elusmar Maggi Sheffer teve que “engolir” a expulsão do atleta na partida contra o Flamengo pelo Campeonato Brasileiro. A notícia da doação do empresário, que tem residência em Cuiabá, foi um dos assuntos mais repercutidos no país desde a última sexta-feira (19).

A doação fez com o empresário de Mato Grosso se tornasse conhecido fora do mundo do agronegócio, já que o Flamengo tem a maior torcida do Brasil.

Com a vitória, o time do Rio de Janeiro lidera o campeonato.

O montante foi dado para que o clube do Rio Grande do Sul pudesse escar o lateral-direito Rodinei neste domingo (21), contra o Flamengo. O jogador do time carioca está emprestado para o Internacional e, pelo contrato, não poderia jogar contra o próprio clube.

Como foi escalado, o time gaúcho teve que desembolsar o valor para pagar a multa. A presença do jogador era considerada uma estratégia, afinal, o lateral-direito conhece bem o estilo de jogo do Flamengo, já que esteve no elenco rubro-negro, e é considerado um dos melhores marcadores do Colorado.

Vale lembrar que o torcedor assinou o termo que repassa o valor ao clube sem qualquer tipo de contrapartida. Ou seja, o Intenacional não precisará repassar o dinheiro de volta.

 

Veja a nota do Internacional 

“O Internacional informa que recebeu nesta sexta (19/2) a doação de R$ 1 milhão de Elusmar Maggi Scheffer. O torcedor colorado, morador de Cuiabá-MT, assinou o termo que repassa o valor ao Clube sem qualquer tipo de contrapartida. Nosso mais sincero agradecimento!”, divulgou a equipe, em suas redes sociais.

 

 

Gazeta Digital