Conectado por

Saúde

Entenda a diferença entre raios UVA e UVB


Compartilhe:

Publicado por

em

Você sabia que os raios ultravioleta representam apenas 5% dos raios solares que chegam na terra? A princípio, a porcentagem pode trazer uma certa tranquilidade, mas o fato é que essa incidência é extremamente poderosa e pode provocar inúmeros prejuízos. Por este motivo, é fundamental entender como atuam os raios UVA e UVB:

RAIOS UVA

Dos raios ultravioleta que atingem a superfície da terra, 95% correspondem aos raios UVA. Tratam-se de raios extremamente resistentes, capazes de atravessar nuvens, vidros e até a pele, atingindo a camada mais profunda. Os radicais livres produzidos, por sua vez, danificam o DNA das células e modificam as fibras de colágeno e elastina, que são estruturas de suporte da pele.

Mas não para por aí: além do fotoenvelhecimento, os raios invisíveis que atingem o nosso corpo e rosto também podem causar:

· ressecamento da pele;

· reações cutâneas (alergias que causam vermelhidão, comichão e erupção polimorfa à luz);

· alteração no pigmento da pele (manchas escuras ou melasmas);

· câncer de pele.

Os efeitos dos raios UVA são indolores, discretos e cumulativos. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a exposição extrema a esses raios aumenta em até 75% o risco de desenvolver câncer de pele.

Além da exposição solar inadequada e desprotegida, há um comportamento de risco que merece atenção especial: o uso de câmaras de bronzeamento artificial – cuja procura aumenta nos meses que antecedem o verão. O equipamento, que foi proibido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 2009, emite dez vezes mais raios UVA do que a luz solar.

Segundo especialistas, até em equipamentos mais recentes (considerados mais seguros) houve aumento na incidência de melanoma. Portanto, as câmaras de bronzeamento artificial nunca devem ser usadas para fins estéticos, uma vez que sua indicação tem relação com o tratamento de algumas doenças, como vitiligo, psoríase e atopia.

RAIOS UVB

A radiação UVB é, em partes, bloqueada pela camada de ozônio. Mas, apesar de ser absorvida pela atmosfera e pelas nuvens, sabe-se que penetram superficialmente na epiderme causando efeitos nocivos ao organismo humano. São eles:

· queimaduras solares;

· vermelhidão;

· alergias ao sol;

· câncer de pele.

Durante o verão, os raios UVB são mais acentuados, sobretudo no horário “crítico”, ou seja: entre 10h e 16h. Além disso, não é só a pele que sofre com seus efeitos: os danos incluem, ainda, os olhos, podendo levar ao surgimento de câncer na pálpebra e catarata. Neste sentido, vale reforçar a importância de incluir óculos de sol com tecnologia de proteção solar, que amenizam brilhos fortes, reflexos e melhoram a visibilidade.

PROTEÇÃO: PALAVRA DE ORDEM

De fato, é inevitável conviver com os raios ultravioleta. Por este motivo, os cuidados com a incidência solar devem ser redobrados:

· Use protetor solar diariamente: Este produto, capaz de absorver os raios UV, deve ser escolhido de forma personalizada, levando em consideração o tipo de pele e as necessidades de cada um.

· Evite se expor ao sol entre 10h e 16h: Estes horários concentram uma maior incidência de raios UVA e UVB, aumentando as chances de desenvolver desconfortos e até complicações, como câncer de pele.

· Consuma alimentos ricos em betacaroteno: O betacaroteno contribui para a formação de melanina, pigmento que dá a cor a pele e protege dos raios ultravioleta. Um estudo publicado no jornal britânico American Journal of Clinical Nutrition, promovido pela Universidade de Duesseldorf, da Alemanha, garante que o consumo desses alimentos associados à vitamina E, de fato, barra a ação dos raios UV. O nutriente pode ser encontrado em alimentos como tomate, mamão, manga, pêssego, cenoura e espinafre.

· Não esqueça da vestimenta: Roupas com proteção solar são acessíveis e funcionam como uma barreira de proteção extra. Além disso, invista em bonés, viseiras e óculos de sol, mas sempre lembrando que esta alternativa não substitui o uso do filtro solar.

Lembre-se que todo cuidado é bem-vindo quando se trata de cuidar da saúde. Fazendo um pouco todos os dias, é possível fazer as pazes com o sol e colher bons frutos no futuro.

 

 

Semprebem.paguemenos.com.br

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento