Conectado por

Cuiabá-MT

Emanuel entra na Justiça contra banner no Centro de Triagem que ataca a prefeitura


Compartilhe:

Publicado por

em

Oprefeito Emanuel Pinheiro (MDB) anunciou que entrou com ação judicial contra o Governo do Estado por causa de um banner de propaganda oficial afixado na Arena Pantanal em que a Prefeitura de Cuiabá é apontada como omissa em relação à testagem para a Covid-19. A arena tem instalado o Centro de Triagem para a doença, sob responsabilidade do governo.

Emanuel foi questionado sobre o assunto em coletiva de imprensa na manhã desta segunda (8). Ele informou que a Procuradoria Geral do Município entrou com medida cautelar para produção antecipada de provas, mas que a ação corre sob sigilo. A petição teria sido protocolada ontem (7).

O prefeito disse ver a situação “com uma tristeza muito grande”, e classificou o episódio como “lamentável”. Em referência às trocas de farpas ocorridas entre ele e o governador Mauro Mendes (DEM), Emanuel afirmou que iria “medir as palavras” na resposta, porque tinha prometido que “essa semana ia ser diferente”.

“Seguinte: eu nunca vi nos meus 30 anos de vida pública algo semelhante a isso. Usar dinheiro público para fazer uma propaganda institucional para atacar um adversário, um desafeto político. Nunca vi. Daí você vê o nível, o fundo do poço em que chegamos com o Governo do Estado. Desespero total. De minha parte, eu orientei a Procuradoria Geral do Município, entramos ontem, corre em sigilo, com uma medida cautelar de produção antecipada de provas, e as medidas serão tomadas e anunciadas em momento oportuno”, declarou.

O prefeito Emanuel Pinheiro disse lamentar o “nível” dos ataques recebidos do governador

O banner foi colocado em uma grade no entorno da arena com os seguintes dizeres: “O Governo de MT presta atendimento do Centro de Triagem Covid-19 para suprir a deficiência da prefeitura, que deveria oferecer esse serviço nos PSFs e UPAs”. O material tem a logo do Governo do Estado, do SUS e da Santa Casa, que é administrada pelo Executivo estadual. As cores também seguem o padrão da propaganda oficial da gestão Mauro Mendes.

Emanuel relatou ter visto fortes reações nas redes sociais contra a propaganda.

“Isso não existe. Quantos prefeitos, governadores, já passaram, e tenho certeza que vocês nunca viram algo semelhante. Isso mostra o destempero, a forma como o governo está lidando com essa situação. Mas o que eu estou preocupado é com a vida e a saúde da população. Então, eu já tomei as medidas. Lamento, vejo com muita tristeza, muita decepção, pelo nível do governo que nós temos. Infelizmente, é isso que nós temos. O colapso total do governo, não é só do sistema, é do governo que está atingindo o sistema, mas em homenagem à população cuiabana e mato-grossense, que depende de Cuiabá, vamos seguir em frente e evitar uma polêmica maior dessa questão, que agora deve ser tratada na esfera judicial e vamos tomando as medidas necessárias para preservar a saúde e a vida das pessoas”, ponderou.

 

Rdnews