Conectado por

Pará

Em Ananindeua, caminhada celebra os 13 anos de criação da Lei Maria da Penha


Compartilhe:

Publicado por

em

Mais 14 mil relatos de agressão contra mulheres foram registrados apenas na região metropolitana de Belém, no ano passado. O dado é da Polícia Civil, que promoveu uma caminhada para marcar o aniversário de 13 anos da criação da Lei Maria da Penha, nesta quarta-feira (7).

A Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM) de Ananindeua, na região metropolitana de Belém, realizou o evento, que começou em frente ao ginásio do “Abacatão”, na Cidade Nova, bairro do Coqueiro.

Dezenas de pessoas seguiram em caminhada até a sede da delegacia para lembrar a luta contra a violência contra a mulher. Em todo o estado, em 2018, foram mais de 19 mil ocorrências, um aumento de 14% em relação a 2017.

Em março deste ano, o Monitor da Violência, projeto do G1 que compila dados de crimes em todo o Brasil, apontou que o Pará é o 7º estado com mais mulheres vítimas de homicídios e 8º em número de feminicídio. O Pará conta com 17 delegacias especializadas, mas as vítimas ainda relatam a falta de acolhimento no momento das denúncias, o que colabora com os sub registros desse tipo de agressão.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *