Conectado por

Nacional

Em 24 horas, três senadores anunciam que testaram positivo para Covid-19


Compartilhe:

Publicado por

em

Lasier Martins (Podemos-RS), Major Olímpio (PSL-SP) e Alessandro Vieira (Cidadania-SE) participaram de reunião do grupo parlamentar ‘Muda Senado’ na semana passada.

Em 24 horas, de segunda (1º) para terça-feira (2), três senadores anunciaram que testaram positivo para a Covid-19. Lasier Martins (Podemos-RS), Major Olímpio (PSL-SP) e Alessandro Vieira (Cidadania-SE) haviam participado de uma reunião do grupo Muda Senado uma semana antes.

O Distrito Federal registra um aumento no número de casos da Covid-19. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) anunciou que a Casa passará a ter sessões remotas a partir desta quinta-feira (4). Na tentativa de conter o avanço da doença, o governador Ibaneis Rocha (MDB) publicou um decreto que permite apenas o funcionamento de serviços essenciais.

Os três senadores diagnosticados com a Covid-19 disseram que estão isolados e se recuperam em casa. Os senadores Alessandro Vieira e Major Olímpio relataram que apresentam sintomas leves da doença.

Casos na Câmara dos Deputados

 

Em fevereiro, segundo a Câmara, foram registrados 105 casos da doença. Em janeiro, 58. Em dezembro do ano passado, a Câmara registrou 72 contaminações por Covid-19.

Segundo a assessoria da Câmara, não é possível afirmar se as contaminações ocorreram dentro ou fora da Casa.

Em fevereiro deste ano, a Câmara aprovou um projeto de resolução que prevê um sistema híbrido de votações, com a possibilidade de participação presencial e remota dos parlamentares. Além disso, está permitido o retorno do trabalho nas comissões, paradas desde março do ano passado.

Aglomeração na Câmara

 

De acordo com pessoas ouvidas pelo G1 disseram que chegara a aguardar quase duas horas na fila para poder entrar e que o problema tem sido recorrente nesse início de ano legislativo.

Apesar de usarem máscaras de proteção, os visitantes não respeitavam as medidas de distanciamento.

Na ocasião, a Câmara dos Deputados disse, em nota, que as filas “estão relacionadas a uma demanda excepcional e não prevista dos prefeitos. Não têm, portanto, relação com o retorno gradual do trabalho presencial dos funcionários e servidores da Casa, que possuem identificações funcionais específicas e não precisam passar por controles de acesso”.

Covid-19 no Brasil

 

Um ano após o primeiro caso de Covid-19, o Brasil vive momento crítico, com 257.562 óbitos. O país registrou 1.726 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas – recorde desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias chegou a 1.274.

Já o balanço da vacinação registra que 7.106.147 pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra a Covid-19, segundo dados divulgados até as 20h. O número representa 3,36% da população brasileira.

A segunda dose já foi aplicada em 2.166.982 pessoas (1,02% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal. No total, 9.273.129 doses foram aplicadas em todo o país.

G1