Conectado por

Variedades

Ele criou um parque para ter mais tempo com os filhos e fatura R$ 15 milhões

Publicado por

em

A chegada de uma criança altera toda a rotina de uma família. Programas, viagens e compromissos precisam ser adaptados de acordo com a idade do novo integrante – sem deixar de lado as responsabilidades que a vida adulta exige, como trabalhar e pagar contas. Se as mudanças já são drásticas com uma criança, imagina com cinco, como é o caso do empreendedor Giuliano Carioca, 39. O mais velho tem 9 anos de idade. “Tem dez anos que assisto Peppa Pig”, brinca.

Continua após a publicidade
<

A experiência com crianças e a necessidade de estar mais perto dos filhos inspirou Carioca a sair do ramo de TI para empreender no mercado infantil. Ele é dono da rede de parques indoor YouPlay Clube, que tem 10 unidades próprias e 14 franquias e faturou R$ 15 milhões em 2019.

Quando ainda tinha apenas três filhos, Carioca, que morava em São Paulo, precisou se mudar para Brasília, por conta do trabalho, e levar toda a família junto. “Minha esposa e eu não conseguíamos sair de casa, porque não existiam opções de lazer para as crianças. Como eu tive cinco, vivenciei diversas fases várias vezes, e as necessidades são sempre parecidas.”

Essa situação fez com que ele passasse a considerar ter um negócio próprio. Assim, viajaria menos e teria mais tempo para as crianças. O insight veio quando um de seus filhos pediu para que o ajudasse a montar um posto de gasolina de brinquedo. A infinidade de peças acopladas em uma pequena caixa o fez imaginar como deveria ser o mercado que desenvolve produtos pensados para crianças. “Olhamos com carinho diversas ideias que consistiam em cuidar de crianças: festas, escolas e até loja de brinquedos.” A primeira ideia escolhida foi um e-commerce de brinquedos diferenciados, que acabou não indo para frente.

Observou erros do mercado para empreender
Carioca e a esposa, Bruna Menezes Carioca, costumavam usar os serviços de custódia de crianças em shopping centers com frequência, e percebiam várias oportunidades de melhoria no negócio – das práticas de segurança à maior flexibilidade no pagamento.

Com a ajuda de Bruna, que é enfermeira, Carioca tentou desenvolver um modelo que eles gostariam de consumir como pais. Passaram nove meses trabalhando no projeto – quase uma sexta gestação –, até que a primeira unidade da YouPlay nasceu no Praiamar Shopping, em Santos (SP), em 2016.

Para essa abertura, ele investiu cerca de R$ 1,5 milhão, com 80% de recursos próprios e 20% de investimento anjo, e teve condição especial de aluguel para pilotar o projeto – a YouPlay demanda um espaço de 100 a 600 metros quadrados, maior que boa parte das lojas tradicionais. Bruna e o arquiteto Angelo Zenetos Gil são sócios do empreendedor no negócio.

Eles desenvolveram um modelo em que os pais podem pagar uma assinatura mensal, como na Smart Fit, e utilizar qualquer unidade da rede. Pagamentos avulsos também são aceitos. A mensalidade custa a partir de R$ 66, dependendo do shopping center onde o plano é contratado.

Dentro do ambiente, crianças de diferentes idades têm acesso a brincadeiras, atividades de desenvolvimento infantil, brinquedos individuais e coletivos, além de videogames. A rotina é acompanhada por monitores e os pais podem acompanhar tudo que acontece por meio do aplicativo desenvolvido pela rede.

Cerca de 70% do público atualmente é de crianças entre 3 e 6 anos. Nas lojas de shopping centers, crianças de até 10 anos são bem vindas.

Carioca abriu mais 12 unidades antes de expandir o modelo por franquias. Ele conta que desde o início sabia que precisaria crescer com a ajuda de franqueados, para tornar o modelo escalável. A primeira unidade franqueada abriu as portas em julho do ano passado, no shopping West Plaza, em São Paulo. O plano é abrir mais 25 unidades em shoppings e quatro lojas de rua em 2020.

Novos modelos de negócio devem ser inaugurados em março
Ao atingir 1 milhão de tíquetes e cerca de 300 mil crianças atendidas, o empreendedor se reuniu com 10 mil pais para entender como eles poderiam utilizar mais os serviços oferecidos. Um dos pontos levantados é que a ida a shopping centers implica em outros gastos, como estacionamento alimentação.

Assim, ele investiu R$ 1 milhão no desenvolvimento de um novo conceito que deve abrir as portas em março. Trata-se uma loja de rua, chamada de YouPlay Mundo, que ele define como um “centro de desenvolvimento infantil”.

Além dos serviços da própria marca, os clientes terão acesso a outras empresas que oferecem aulas de programação e idiomas, alimentação, corte de cabelo, entre outras coisas.

Ele tem negociado inclusive com outras redes de franquia, como a SuperGeeks, de programação e a Little Kickers, de idiomas para o primeiro ponto franqueado que será aberto em Moema, na Zona Sul de São Paulo. As duas redes citadas confirmaram as negociações para instalação no local a PEGN, em um modelo de store in store. Também haverá uma loja própria do novo modelo, em Alphaville. Para este formato, a faixa etária permitida deve subir para até 14 anos.

Carioca acrescenta que as empresas Glitz Mania, de corte de cabelo infantil, Box Office, uma cabine de coworking que poderá ser usada pelos pais e MBA Kids, com aulas de empreendedorismo para crianças também estarão no espaço.

Também em março, a YouPlay deve abrir as portas de uma unidade no hipermercado Carrefour, no bairro do Limão, na Zona Norte da capital paulista. A ideia é oferecer o serviço para quando os pais vão fazer compras. A mensalidade será menor do que a cobrada em shoppings: cerca de R$ 28. “Sai mais barato do que o impacto no carrinho de levar a criança junto”, brinca.

No fim das contas, além do novo negócio, Carioca conseguiu mais tempo para passar com os filhos, além de uma “consultoria especializada” para a contínua inovação do modelo. “O tempo com eles aumentou muito em quantidade e qualidade, pois eles dão opiniões e também são fonte de feedback para a qualidade do serviço e fator ‘diversão’ do negócio”, afirma.

Fonte: https://revistapegn.globo.com/Franquias/noticia/2020/02/ele-criou-um-parque-para-ter-mais-tempo-com-os-filhos-e-fatura-r-15-milhoes.html