Conectado por
Governo de Rondônia

AL/MT

Eduardo Botelho recebe vereadores de Várzea Grande e propõe parceria com ALMT

Publicado por

em


Continua após a publicidade

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), reuniu-se, nesta quarta-feira (27), com vereadores de Várzea Grande e propôs uma parceria com o legislativo estadual para discussão de temas como a mudança do modal de VLT para BRT e questões relacionadas à saúde, industrialização e meio ambiente.

A mesma parceria já havia sido proposta por Botelho aos vereadores de Cuiabá, durante reunião realizada na semana passada. Além do compromisso de atuar para atendimento das principais demandas municipais, o presidente colocou à disposição dos parlamentares toda a estrutura da Assembleia Legislativa, TV e Rádio Assembleia.

“Queremos fazer essa relação com a Câmara Municipal, pois temos muitas pautas em comum, então porque não trabalharmos juntos: Assembleia, Câmara de Várzea Grande e de Cuiabá?”

Eduardo Botelho citou ainda a importância da expansão da ferrovia de Rondonópolis a Cuiabá, que beneficiará o município vizinho. “Temos lutado muito por isso. Fizemos várias audiências públicas, inclusive com a participação do Senado Federal. Podemos fazer uma audiência pública aqui em parceria com a Câmara de Várzea Grande”, sugeriu.

Os temas ambientais também devem pautar diversas discussões, segundo Botelho. “Temos grandes lutas, como a questão do Pantanal e da pesca, e é muito importante Cuiabá e Várzea Grande estarem inseridas nisso. Estamos nesse processo de fazermos grandes mudanças para as gerações futuras e quero que toda a estrutura da Assembleia seja aproveitada para essas discussões”, frisou.

Dezessete dos 21 vereadores várzea-grandenses participaram da reunião, que contou ainda com as presenças dos deputados Carlos Avalone (PSDB), Wilson Santos (PSDB) e Allan Kardec (PDT). O presidente da Câmara, Fábio Tardin (DEM), agradeceu aos deputados pela parceria e pediu para que ajudem a resolver a situação da Avenida da FEB, onde foram instalados trilhos do VLT.

“Que seja VLT ou BRT, mas que seja feita alguma coisa para resolver isso. Vidas foram ceifadas naquela avenida. A avenida é um cartão postal não só de Várzea Grande, e sim de Mato Grosso, mas as pessoas chegam ali e veem aquela vergonha e não podemos fazer nada. Precisamos da força de todos para resolver essa situação”, salientou.

Participaram da reunião os vereadores Fábio Tardin – Fabinho (DEM), Gisa Barros (DEM), Pablo Pereira (DEM), Rosy Prado (DEM), Bruno Rios (PSB), Mauro da Saúde (PSB), Carlinho Figueiredo (Republicanos), Paulo Silva (Republicanos), Sargento Galibert (PSL), Enfermeiro Emerson (PP), Alessandro Moreira (PP), Professora Eucaris (MDB), Jero Neto (MDB), Sardinha (PTB), Joaquim Antunes (PSDB), Hilton Gusmão (PV) e Braz Jaciro (Pros).

AL MT