Conectado por

Acre

Dupla suspeita de executar agente penitenciário é transferida de presídio

Publicado por

em

A dupla suspeita de envolvimento com a morte do agente penitenciário Gilcir Vieira, morto a tiros, foram transferidos para um presídio de segurança máxima em Rio Branco. A informação foi confirmada pelo delegado de combate ao crime organizado, Elton Futigami.

“Após lavrado todos os procedimentos, uma equipe do Iapen veio e levou eles para Rio Branco onde estão cumprindo pena no RDD”, disse. Na verdade, os detentos ficarão reclusos no Presídio Antônio Amaro. O delegado disse, ainda, que, na Capital, haverá pena mais severa.

Continua após a publicidade

“O RDD é um regime disciplinar diferenciado em razão não só do crime. É até uma forma mais severa de cumprir o crime e também de se evitar qualquer outra situação mais desagradável que possa acontecer dos agentes com esses presos”, afirmou.

A Polícia Civil está dando continuidade a Operação Focus na cidade, o que já resultou na prisão de 27 pessoas acusadas de incêndios, homicídios, assaltos, furtos e organização criminosa. “As operações vão continuar pelo período que for necessário”, concluiu.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *