Conectado por

Aripuanã

Dupla em moto tenta atirar em guarnição da PM de Aripuanã e arma falha


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Há registros de assaltos no município sendo cometidos por uma dupla usando uma motocicleta.

Conforme Boletim de Ocorrência, por volta da 01:00 hora da manhã desta segunda-feira (11), a guarnição da Polícia Militar em rondas na Avenida Tancredo Neves, próximo a Avenida da FAB, avistou dois indivíduos com as mesmas características físicas, que estavam realizando roubos na cidade, em uma motocicleta YBR de cor vermelha, placa: KAR-4655.

Diante disso, a guarnição procedeu a abordagem padrão da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso, com sinais sonoros e luminosos, entretanto o piloto da motocicleta acelerou o veículo e de imediato o passageiro sacou uma arma de fogo tipo garrucha, carregada, e direcionou o referido armamento em direção à guarnição da Polícia Militar, porém, por circunstâncias alheias a sua vontade, o projetil não saiu.

Inclusive a policia verificou na espoleta do cartucho um “picotado” do percursor da garrucha, indicando que o indivíduo efetuou o disparo, momento este que o policial militar Guedes efetuou 3 disparos de arma de fogo e o policial militar Caxias efetuou 2 disparos de arma de fogo, para fazer cessar a ameaça injusta e iminente contra a vida dos policiais.

Segundo o Soldado da PM Guedes, que estava na companhia do Soldado Caxias, somente após um dos disparos ter alvejado o suspeito no braço direito, ele jogou a arma de fogo no chão e parou o veículo. No local, ao lado de um dos passageiros no chão, estava a garrucha carregada com um cartucho calibre 36, uma porção de substância análoga à maconha e um canivete.

Perante a situação, a PM acionou o Samu, que levou um dos ocupantes da motocicleta para o Hospital Municipal de Aripuanã, o qual ficou internado. O outro, por não ter sofrido lesão, foi encaminhado para o Quartel da PM para a confecção da ocorrência policial, e posteriormente encaminhado à Delegacia de Policia Civil de Aripuanã para as providências que o caso requer.

Conforme os investigadores da Polícia Judiciária Civil, eles pedem que a população procure a delegacia ou faça o reconhecimento dos suspeitos através de foto para verificar se a dupla é ou não a mesma que vem praticando roubos na cidade, sendo eles Welinton de Souza Ramos, de 19 anos e Juliano da Silva Xavier, de 22 anos.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 12 =

Publicidade
CRÉDITO JÁ - EMPRÉSTIMOS
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento