Conectado por

Comportamento

Dra Andréa Murta, especialista e palestrante, fala sobre o poder das microcirurgias para Harmonização Facial e Estética Funcional

Publicado por

em

Dra. Andréa Murta Fonseca Lott Mont’Alverne é uma dentista de renome em Belo Horizonte, reconhecida há anos pela excelência em cirurgias periodontais e implantes guiados na clínica do Dr. José Arbex Filho e possui também o título de especialista em Harmonização Facial. Em conjunto, é co-fundadora de dois novos empreendimentos na área da odontologia: o Microcirurgias da Face e APLA Smile, onde realiza cirurgias para harmonização do sorriso e da face como um todo.

Continua após a publicidade

Atualmente, um dos procedimentos mais realizados em sua clínica é a cirurgia estética de “Lip Lift”. Esse procedimento consiste na remoção do excesso de pele abaixo do nariz, gerando um encurtamento da distância entre a base do nariz e o lábio superior. É uma cirurgia simples com um resultado estético-funcional fantástico, é indicada para pacientes que não mostram, ou mostram pouco, os dentes superiores ao sorrir ou conversar ou que mordem os lábios ao realizar essas atividades.

É importante lembrar que o paciente não perde o selamento labial com essa cirurgia. Isso significa que quando o paciente estiver em repouso, sem sorrir, ele deve conseguir tocar o lábio superior com o inferior de forma passiva. Todo o procedimento é feito sob anestesia local e a cicatriz fica bastante discreta com o passar do tempo.

Outro procedimento frequentemente realizado no consultório é o uso de biomaterial parafusados em maxila e mandíbula. Esse procedimento em maxila é usado em pacientes que tem o sorriso gengival expressivo. Isto é, que expõe uma grande faixa de gengiva ao sorrir. Já na mandíbula, é usado em pessoas com deficiência de mento, ou seja, quando o queixo é muito retraído.

Ambas as cirurgias de fixação do biomaterial são realizadas com um planejamento totalmente digital, em parceria com o radiologista Dr. Vinícius de Carvalho Machado.  Esse tipo de planejamento ocorre com o escaneamento do paciente e impressão de um protótipo anatômico compatível com a realidade. Com o protótipo em mãos é possível gerar o biomaterial mais harmônico e fiel com a anatomia específica do caso. Esse planejamento garante uma alta precisão do protótipo com a anatomia do paciente e gerando assim elevada previsibilidade de resultados.

 Dra Andréa Murta

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *