Conectado por

Medicina

Dor de cabeça… Ninguém merece!


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

As dores de cabeça se constituem no segundo agravo de saúde mais comum da humanidade, perdendo apenas para cárie dentária. Ela é a nona causa de procura por consultórios médicos e a quarta causa de busca por serviços de emergência. A Sociedade Brasileira de Cefaleia estima que 95% da população sentirá uma dor de cabeça ao longo de sua vida.

De acordo com a Sociedade Internacional de Cefaleia, existem mais de 200 tipos de dores de cabeça. Elas afetam as pessoas em qualquer idade, mas são mais comuns em mulheres e na fase mais produtiva da vida, entre os vinte e quarenta anos de idade.

DOR DE CABEÇA É SEMPRE UM SINAL DE ALERTA. NUNCA É NORMAL SENTIR DOR!

Alguns tipos de cefaleia

1. Enxaqueca

É a dor de cabeça que mais leva as pessoas ao médico. Costuma se manifestar por dor moderada a forte, latejante, de um lado só da cabeça (se doer dos dois lados, é pior em um deles) e que piora com esforços físicos. Frequentemente pode provocar enjoos (náuseas) e intolerância à luz e barulho.

2. Cefaleia tensional

Essa cefaleia é o tipo mais comum. Apesar do nome, ela não tem relação com estresse ou tensões emocionais. Pode surgir e durar de minutos a uma semana.

A dor é tipicamente leve a moderada e bilateral, em pressão ou aperto. Ao contrário da enxaqueca, não piora com esforços físicos e não pode causar náuseas, embora alguma intolerância à luz e ao barulho possa acontecer.

3. Cefaleia causada por problemas oculares

É secundária a erros de refração como hipermetropia, astigmatismo ou miopia, ou seja, é causada por problemas de vista. Geralmente se apresenta após esforços visuais prolongados. É mais comum no final da tarde e desaparece com a correção do erro de refração.

4. Cefaleia causada por sinusite

Mais comum nas sinusites agudas do que nas crônicas, podem ocorrer durante uma crise da doença. Há evidente relação entre a dor de cabeça e os outros sintomas da sinusite diagnosticada com exames de RX. A dor desaparece com o tratamento da sinusite.

SUAS CRISES DE ENXAQUECA ESTÃO COM OS DIAS CONTADOS!

Uma em cada sete pessoas sofre com enxaqueca no mundo. Pelo menos um bilhão de pessoas têm a doença, uma das principais causas de incapacidade.

SÓ NO BRASIL, SÃO 25 MILHÕES DE PESSOAS COM O PROBLEMA.

 (Fonte: Sociedade Brasileira de Cefaleia)

Não ignore a sua dor!

A dor de cabeça pode significar uma doença grave. Elas se dividem em primárias, que não dependem de outra doença ou fator para acontecer: elas são a própria doença; e em cefaleias secundárias: “como o próprio nome sugere, são a manifestação de outras doenças, como sinusite aguda, meningite, aneurisma etc.”, destaca João José Carvalho.

O especialista também alerta para um comportamento muito comum: “as pessoas tentam explicar suas dores com acontecimentos que as antecedem ou acompanham, quando na verdade o que elas têm, na grande maioria dos casos, é uma cefaleia primária, cujas crises não decorrem de comportamentos, alimentos ou outra doença e sim de uma desregulação envolvendo diversos mecanismos cerebrais, como é o caso da enxaqueca”, destaca.

A ENXAQUECA É O TIPO DE DOR DE CABEÇA QUE MAIS AFETA A VIDA DAS PESSOAS. É A SEGUNDA CONDIÇÃO MÉDICA MAIS COMUM DO MUNDO.

Quando procurar o médico?

3 é demais! Se você apresenta 3 ou mais dores de cabeça por mês, há mais de 3 meses, procure um médico, de preferência um neurologista, pois você precisa de tratamento.

Semprebem.paguemenos.com.br

Publicidade
CRÉDITO JÁ - EMPRÉSTIMOS
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento