Conectado por

Rondônia

Dois projetos criados e implantados pela Prefeitura são premiados em Congresso Nacional


Compartilhe:

Publicado por

em

A Prefeitura de Porto Velho é pioneira no Brasil na implantação do [email protected], sistema de consulta e localização de medicamentos em tempo real na rede de farmácias do Município para evitar que os pacientes percam tempo na busca de remédios. O sistema foi implantado no início de 2018.

A ferramenta foi criada pela servidora da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Lígia Fernandes Arruda, com coautoria dos também servidores Saulo Roberto Faria, Moacir Bishop, Nink Barros.

Semana passada, o sistema foi contemplado com o prêmio de melhor experiência realizada na atenção básica de saúde. A premiação ocorreu durante o 34º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) realizado em Belém (PA), entre os dias 25 e 27 de julho. A Prefeitura da capital concorreu com mais de 300 projetos.

“É gratificante ter o reconhecimento do nosso trabalho. O [email protected] é inédito em todo o país. A Semusa está sendo pioneira na implantação do sistema que garante transparência à gestão e permite ao usuário saber em qual farmácia mais próxima tem a sua medicação”, explicou a servidora Lígia Arruda.

Documentário

Durante o evento, a Prefeitura de Porto Velho foi premiada também com o projeto “O Acolhimento com Classificação de Risco na Atenção Básica: A Experiência de uma Capital da Amazônia Legal”, implantado no início do ano nas unidades básicas de saúde da capital. A premiação foi na categoria “Melhor de Rondônia”.

O projeto é de autoria dos servidores da Semusa Marcuce Antônio, com coautoria dos servidores Amanda Diniz, Eveline Gomes, Elileide Fróes, Jane Carvalho e Isabela Luz.

Esse grupo recebeu como prêmio a produção de um Web documentário sobre o projeto, que será custeado pelo Ministério da Saúde. O documentário será filmado e lançado no segundo semestre deste ano.

Marcuce Antônio explicou que para ser desenvolvido e implantado nas unidades de saúde, esse projeto contou com a participação de uma equipe multiprofissional. Segundo ele, esta é a terceira vez que o Município de Porto velho é premiado. “Em 2016 e 2017 também fomos destaque”, observou.

Para a Secretária Municipal de Saúde, Eliana Pasini, que também participou do congresso, o prêmio é um reconhecimento ao trabalho que o Município vem executando em busca de melhorar a qualidade nos serviços de saúde.

O congresso tem como objetivo conhecer e apresentar as experiências desenvolvidas na área da saúde através da 15ª mostra “Brasil Aqui Tem SUS”. A Semusa inscreveu três trabalhos. Além dos dois que foram premiados, a Semusa apresentou também a construção do Plano Municipal de Saúde.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *