Conectado por

Porto Velho

Doação de Sangue: Rotary e FHEMERON sensibilizam campanha em prol da vida


Compartilhe:

Publicado por

em

A Vice Presidente do Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré Maria Regina, esteve acompanhada da Presidente da Comissão de Fundação Rotária Izabel Cristina e foram recebidas na FHEMERON, pela Sra Maria Luíza, Gerente de Serviço Social do Órgão para tratar de assuntos relacionados à doação de sangue, que o Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré, irá fazer nos próximos Dias em parceria com as Empresas Parceiras, e Orgãos Públicos à FHEMERON.

O Rotary, preocupado com o baixo estoque de Sangue na FHEMERON, em tempo de Pandemia, realiza mais essa ação, pois entende a importância de ter o estoque de sangue abastecido.

A pandemia da Covid-19 fez os hemocentros do Brasil registrarem queda nos estoques de sangue. Por este motivo, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia (Fhemeron), seguindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde (MS), adotou o agendamento por telefone e horário diferenciado para evitar aglomeração de pessoas e a contaminação do coronavírus.

“A doação de sangue é segura, não havendo riscos para quem doa. No entanto, ressaltamos que nesta campanha, devido à pandemia, estamos atentos a todos os protocolos para evitar o contágio da doença. Higienizamos frequentemente o ambiente e os profissionais que realizam a captação estão preparados para receber os doadores de sangue em condições seguras”, enfatiza a assistente social e gerente de captação da Fhemeron, Maria Luíza Pereira.

Antes da pandemia, para ser um doador, era necessário ter entre 18 e 69 anos, pesar no mínimo 50 quilos e apresentar bom estado de saúde. Agora, por conta do coronavírus, algumas medidas estão sendo adotadas antes da coleta.

“Os indivíduos que apresentarem sintomas respiratórios e febre, que tiveram contato com alguém positivado para Covid-19, ou manifestou os sintomas, não podem realizar qualquer tipo de doação pelo período mínimo de 30 dias”, destaca Luíza.

A Vice Presidente do Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré, lembra que “A doação é uma das ações mais nobres que uma pessoa pode fazer em relação a outra. É um ato de demonstração de afeto, amor e, ainda, de maior dignidade a condição humana. O momento de doação é único, o fato de se debruçar sobre a necessidade alheia e querer efetivamente colaborar e ajudar na solução é quase sempre uma terapia do bem e que pode causar uma sensação de realização e felicidade incomparável. Relatou Maria Regina.

Já a Presidente da Comissão da Fundação Rotária Izabel Cristina disse que “doar sangue traz diversos benefícios para quem doa, e mais ainda para quem recebe. Imagine que tratamentos, cirurgias e procedimentos podem ser cancelados diariamente por falta de sangue e o pior que as pessoas que dependem disso para sobreviver. A doação de sangue é vital para salvar muitas vidas. Uma única doação pode beneficiar até quatro vidas, uma vez que o sangue recebido pode ser separado em diferentes componentes…”

Esta é mais uma ação do Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré.

#JuntosSalvamosVidas
#rotarybrasil
#Rotary20
#RotaryEmAcao
#PessoasEmAção

Jornalista Zecca Paim

Desenvolvimento acelerado da tecnologia dificultará o controle das fake news

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento