Conectado por

Saúde

Diarreia: Causas, remédios, o que é bom e lista de alimentos


Compartilhe:

Publicado por

em

Diarreia é um quadro bastante comum e que tem como principal característica a evacuação frequente de fezes líquidas, muitas vezes sem que a pessoa consiga controlar. Também chamada de disenteria, ou popularmente conhecida como “piriri” ou “desarranjo”, pode ser provocada por inúmeros fatores.

Sua forma aguda geralmente dura em torno de 2 a 3 dias. Quando permanece por mais tempo, pode ser sinal de um problema de saúde mais grave.

A seguir, saiba quais são as causas e o que é bom para diarreia:

O que causa diarreia

A lista de possíveis causas da diarreia é extensa, visto que muitos fatores podem levar as fezes a perderem consistência. No entanto, o problema quase sempre é provocado por infecção viral, bacteriana ou por outro tipo de micro-organismo que entra no organismo e compromete o funcionamento do sistema gastrointestinal.

Abaixo, separamos as causas mais frequentes da diarreia:

  • Intoxicação alimentar
  • Alergia alimentar, como intolerância à lactose ou intolerância ao glúten
  • Doença de Crohn
  • Colite
  • Doença celíaca
  • Síndrome do intestino irritável
  • Uso de determinados medicamentos, como antibióticos e laxantes
  • Distúrbios hormonais
  • Efeitos colaterais de alguns medicamentos
  • Estresse
  • Transtornos psiquiátricos, como ansiedade
  • Gastroenterite
  • Amebíase
  • Giardíase
  • Câncer colorretal ou intestinal

Como se vê, a lista é extensa e bastante diversa: as causas podem ser resultado de situações cotidianas, como ingerir algum alimento vencido, ou até mesmo doenças graves, como o câncer.

Tipos de diarreia

Geralmente, algumas possibilidades de diagnóstico são eliminadas por meio da observação do tempo de duração da diarreia.

Por exemplo: se ela dura por poucos dias e desaparece em menos de uma semana, possivelmente se trata de uma diarreia aguda. Contudo, se persistir por mais tempo e não for resolvida mesmo com a ingestão de medicamentos vendidos sem necessidade de receita médica, pode ser que estejamos falando de uma diarreia crônica.

Entenda melhor:

Diarreia aguda

Pode ser provocada por infecções virais (um exemplo comum é o rotavírus), bacterianas (E. coli e Salmonella, entre outras) e parasitárias (como os causadores de giardíase, além de outros).

Diarreia crônica

Algumas bactérias invadem o organismo e não desaparecem espontaneamente, perdurando por muitos dias ou, até mesmo, semanas, de modo a necessitarem de atenção médica.

Além disso, intolerâncias alimentares e problemas no aparelho digestivo também são causas comuns que tornam a diarreia um problema corriqueiro e crônico.

Também é possível desenvolver quadros frequentes após passar por uma cirurgia abdominal ou com o uso prolongado de alguns medicamentos, como laxantes e antibióticos — que podem alterar a microbiota intestinal.

Fatores que podem contribuir

Consumir bebidas alcoólicas exageradamente, beber muito café ou produtos que contenham cafeína, cigarro, ingerir água da torneira ou se alimentar com comidas contaminadas com coliformes fecais e até viajar para países com problemas de saneamento básico são alguns dos fatores que contribuem para a diarreia.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *