Conectado por

Mato Grosso

Dezoito mil famílias já foram beneficiadas com a campanha ‘Um por todos e todos contra a Covid-19’; veja como doar

Publicado por

em

A campanha “Um por todos e todos contra a Covid-19” já beneficiou mais de 18 mil famílias em Mato Grosso, Rondônia e Amazonas e, nesta segunda-feira (18), moradores do Bairro Três Barras, em Cuiabá, receberam cestas básicas.

Continua após a publicidade

A campanha é uma iniciativa da TV Centro América e da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt) e realizada pela Fundação André e Lucia Maggi.

As cestas básicas são adquiridas por meio de doações feitas pela internet.

No Bairro Três Barras, na capital, o Instituto Reação que apoia a campanha entregou as cestas para as famílias da região. Com o distanciamento nas filas de entrega, as famílias foram até o ponto de entrega.

A dona de casa Elisângela de Oliveira foi com os filhos para pegar os alimentos. “Eu sou dona de casa e faço unha. Nessa crise não estou conseguindo trabalho, então está sendo uma ajuda muito grande para a minha família”, afirma.

A presidente da Fundação André e Lucia Maggi, Belisa Souza Maggi, afirmou que precisa de ajuda para que famílias que estão em estado de vulnerabilidade consigam esses alimentos.

“É muito bom poder contribuir, mas a gente precisa da ajuda de todas as pessoas porque sozinhos a gente não consegue”, afirma.

Até agora foram arrecadadas mais de 52 mil cestas básicas.

Em Mato Grosso já foram doadas quase 10 mil cestas básicas e nos três estados, mais de 18 mil.

Mato Grosso tem 193.074 famílias que estão em situação de extrema pobreza e pobres. Um total de 124.022 tem renda per capita familiar de até R$ 89 e 69.052 com renda entre R$ 89 e R$ 178.

A coordenadora do Instituto Reação, Priscila Mota, considera importante apoiar o projeto.

“Essa parceria foi muito importante para que nós conseguíssemos atingir, além dos nossos alunos, trazer esperança para essas famílias que precisam tanto da nossa região. Continuamos pedindo ajuda e ficamos muito felizes com as famílias que estão recebendo todo esse auxílio”, declarou.

A meta é arrecadar 100 mil cestas básicas.

G1