Conectado por
Governo de Rondônia

Cacoal

Dez celulares são encontrados e apreendidos em presídio de Cacoal, RO

Publicado por

em


Continua após a publicidade

Agentes penitenciários apreenderam 10 celulares, além de carregadores, que seriam entregues a presos da Casa de Detenção de Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho. A apreensão aconteceu na madrugada de domingo (17).

Os aparelhos estavam escondidos no pátio da unidade prisional. Os possíveis “donos” dos celulares não foram identificados.

De acordo com registro de ocorrência, às 2h30, os funcionários encontraram os celulares no pátio dentro de um saco plástico. Segundo a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) de Rondônia, os agentes foram alertados por uma denúncia anônima.

Para a Sejus, os celulares estavam dentro de uma sacola plástica para “facilitar a entrada dos aparelhos, onde é possível puxá-los por baixo do portão”.

O recebimento dos celulares é feito através de um gancho improvisado confeccionado pelos detentos, ligado a uma corda de pano.

Com objetivo de frear esses atos, a Sejus deve solicitar nos próximos dias, em conjunto com a Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), o reforço da Polícia Militar (PM) local para fazer rondas externas em volta do presídio.

A direção de segurança do presídio informou que abriu um procedimento para investigar o caso. Os aparelhos foram entregues na Delegacia de Polícia Civil de Cacoal.

Histórico de apreensões

Aparelhos encontrados após revista de rotina em maio de 2017.  (Foto: Claudinei Sorce/ Tribuna Popular)

Aparelhos encontrados após revista de rotina em maio de 2017. (Foto: Claudinei Sorce/ Tribuna Popular)

Na ocasião, os funcionários da unidade prisional faziam uma revista de rotina no local quando encontraram os aparelhos enrolados num papel.

À época, a direção do presídio chegou a instaurar um procedimento para apurar o caso. Os aparelhos foram entregues na 1ª Delegacia de Polícia Civil.

Em 2016, além de 17 celulares encontrados, os agentes apreenderam facas artesanais e drogas.

A ação aconteceu depois que os policiais de plantão avistaram uma sacola com celulares cair dentro do presídio. O saco foi arremessado do lado de fora da casa de detenção.

Após o flagrante, os agentes decidiram vistorias as celas, quando encontraram as facas e gramas de drogas. Os objetos também foram levados para a Delegacia de Polícia de Civil da região.