Conectado por

Rondônia

Desinteresse pela vacina contra o sarampo preocupa Secretaria de Saúde em Jaru, RO


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Após o primeiro caso confirmado de sarampo em Rondônia após cerca de 20 anos sem a doença, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) de Jaru (RO), distante 290 quilômeros de Porto Velho, está orientando a população sobre a necessidade da vacinação. No entanto, o município ainda enfrenta problemas com a baixa procura.

Com apoio da Secretaria Regional de Saúde, a Semusa orienta que os moradores do município, com idades entre 1 e 49 anos, que ainda não foram imunizados, procurem as unidades de saúde onde a vacina está sendo ofertada.

Mesmo Rondônia não apresentando surtos da doença, como é o caso do Amazonas e Roraima, a baixa adesão tem chamado a atenção, segundo a secretária Tatiane de Almeida. “Como a doença não assusta, as pessoas não procuram a vacina com afinco. Muitas crianças ficam sem a vacina por desinteresse dos pais”, afirma a secretária da Semusa.

De acordo com a secretária, como o caso registrado de sarampo em Porto Velho é o primeiro em muito tempo, fica mais difícil saber quantas pessoas necessitam da imunização em Jaru, mas explica que o município tem o apoio da Regional de Saúde para suprir a quantidade de doses necessárias para atender a demanda.

Como a procura pela vacina está abaixo do esperado, a Semusa pretende programar um “Dia D” de vacinação contra o sarampo em vários pontos da cidade, mas adverte que as pessoas podem procurar as salas de vacinação nos postos de saúde mesmo sem a campanha.

Publicidade
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento