Conectado por

Uncategorized

Dermatite por lambedura: Saiba o que é e informe-se sobre os sintomas


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

No caso da dermatite por lambedura em cães e gatos, é o próprio ato de lamber em excesso determinada região do corpo que causa a inflamação, levando ao surgimento de feridas.

Antes de falar especificamente sobre a dermatite por lambedura, vale lembrar o que caracteriza uma dermatite canina e felina.

Como o próprio nome sugere, essa inflamação pode ou não ter o envolvimento de um agente, como fungo ou bactéria.

No caso da dermatite por lambedura em cãese gatos, é o próprio ato de lamber em excesso determinada região do corpo que causa a inflamação, levando ao surgimento de feridas.

Com isso, a área também fica mais exposta à ação de bactérias presentes no ambiente ou na própria saliva, que podem levar a mais complicações. Aliás, de acordo com o Dr. Manrique Cardoso de Andres, médico-veterinário da Petz, especialista em dermatologia, a pele inflamada é o principal sintoma do problema.

“Essa pele ainda pode apresentar infecção secundária por bactérias e fungos, tendo presença de secreção. Com isso, a pele fica mais vermelha, tem aumento de volume, crostas e queda de pelos”, completa.

Quais causas da dermatite por lambedura?

A dermatite por lambedura tem se tornado um problema cada vez mais comum nas clínicas veterinárias e um dos motivos para isso é o estilo de vida moderno.

“Geralmente, a dermatite por lambedura ocorre em pets que ficam entediados, confinados em lugares pequenos, sem atividade física e com a ausência frequente dos tutores”, explica o Dr. Manrique.

Isso ocorre porque a lambedura excessiva das patinhas é um dos principais comportamentos estereotipados decorrentes do estresse.

Embora a ciência ainda não tenha uma resposta exata dos motivos pelos quais isso acontece, acredita-se que as lambidas tenham um efeito de aliviar o estresse e a ansiedade. Semelhante ao ato de roer as unhas para algumas pessoas.

No entanto, o especialista em dermatologia veterinária esclarece que a principal causa da dermatite por lambedura são as alergias.

Segundo ele, ao contrário do que muitos pensam, “não é a lambedura excessiva que se transforma em alergia e, sim, o pet que apresenta uma alergia e lambe a região em questão para se coçar”.

Como descobrir e tratar a dermatite?

Ainda que o tédio seja um motivo comum para a dermatite por lambedura, ao perceber que seu pet apresenta o problema, é importante procurar um veterinário.

Isso porque, além das alergias, dores, inflamações prévias e presença de tumores também são causas possíveis para a lambedura excessiva.

“O diagnóstico não é fácil”, comenta o veterinário. “Para concluir que o caso é de uma lambedura por estresse, por exemplo, é preciso excluir todas as doenças que podem estar na base do problema. Entre elas sarnas, fungos, infecções bacterianas e alergias”, diz.

Feito o diagnóstico, o tratamento da dermatite por lambedura é definido conforme a causa do problema.

Os cuidados podem envolver o uso de anti-inflamatório e antibiótico para dermatite canina. Além de antifúngico e mudanças no estilo de vida do cachorro.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Publicidade
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento