Conectado por

Mato Grosso

Deputado é barrado em reunião


Compartilhe:

Publicado por

em

Na tentativa de pegar carona na greve dos profissonais da educação, se reaproximar da categoria e tirar proveito político disso, o deputado estadual Wilson Santos (PSDB) foi barrado quando tentou participar de uma reunião entre representantes do Sintep, do governo estadual, do Ministério Público e do Judiciário, na quinta, no Tribunal de Justiça.

A desembargadora Maria Erotides conduzia a sessão quando, logo no início, fez duas consultas aos presentes. Primeira, se a imprensa poderia fazer imagens dos participantes, o que foi autorizado. Segunda, se Wilson poderia participar da audiência, o que foi negado.

Entendeu-se que seria importante haver diálogo entre todos ali, mas sem o deputado. Mesmo todo sem jeito e ignorado, Wilson ficou na porta do lado de fora, aguardando terminar a reunião.

Estavam na audiência de conciliação e mediação sete do Sintep, outros sete do governo, entre eles três secretários (Marionete, Educação; Mauro Carvalho, Casa Civil; e Basílio Bezerra, Gestão e Planejamento), além do procurador de Justiça Paulo Rocha e da desembargadora Erotides.

Ficou combinado que o presidente do Sintep Valdeir Pereira irá apresentar à categoria, em assembleia-geral na próxima segunda, 1º de julho, a proposta do governo para retorno ao trabalho, com reposição das aulas dentro do ano letivo de 2019 e com o Executivo compromissado em pagar 50% dos dias que foram descontados em maio e junho até 20 de julho e, o restante, até 10 de agosto. O resultado da consulta será informado no dia seguinte ao governo e ao Judiciário.

wilson santos reuniao sintep 680

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *