Conectado por

ALE/RO

Deputado Adelino Follador critica preço do leite pago aos produtores


Compartilhe:

Publicado por

em

O deputado Adelino Follador (DEM) usou a tribuna da Assembleia Legislativa, na sessão dessa terça-feira (13), para criticar o baixo preço do litro de leite, que é pago aos produtores rurais, que enfrentam seguidos prejuízos.

“O leite é o que mas emprega na cadeia produtiva, o que fixa o homem do campo. Mas, quem produz abaixo de 300 litros é discriminado. O mais simples é massacrado e estão desistindo de produzir leite. Fica aqui o nosso protesto contra esse prejuízo para quem trabalha”, disse Follador.

Adelino também criticou a atuação do Fundo Pró-Leite, que na visão dele não tem tomado medidas para proteger o produtor de leite. “Com o recurso desse fundo, o que pode fazer em favor do produtor rural? Poucas ações que atendem o produtor de leite foram feitas. Fundo criado para estimular a bacia leiteira, o pequeno produtor, mas hoje usa recursos do fundo para comprar carros e não vemos quase nada em prol do produtor de leite”, lamentou.

Nota de Pesar

O deputado lamentou o falecimento do Padre Leylson de Alto Paraíso. “Ele era respeitado por todos e fazia um grande trabalho, foi vítima da covid-19, infelizmente. Fez tanto por aquele município, pelo povo de Rondônia, com a construção da Fazenda Esperança, para a recuperação de dependentes químicos”.

Medalha de Mérito

Adelino Follador também registrou o seu reconhecimento à professora infantil Drielly Santos de Souza, do Centro Municipal de Educação Infantil, Madre Teresa de Calcutá, de Ariquemes. Ela foi destaque no Brasil, no Prêmio “Educação Infantil Boas Práticas de Professores Durante a Pandemia”.

O parlamentar anunciou que requereu informações sobre a situação da RO-460 de Buritis. “Ninguém aguenta mais passar por aquela rodovia esburacada. Queremos um documento atestando o que será feito e quando. A Unisp de Buritis está abandonada e também apresentamos requerimento de informações junto ao Executivo”.

Tudorondonia.com