Conectado por

Amazonas

Delegada Emília Ferraz recebe título de Cidadã do Amazonas concedido pela ALE/AM


Compartilhe:

Publicado por

em

A delegada Emília Ferraz Carvalho Moreira é a nova Cidadã do Amazonas. Ela recebeu o título concedido pela Assembleia Legislativa durante sessão especial realizada na manhã desta segunda-feira, 25 de março, no plenário Ruy Araújo. Representaram a Casa na atividade a autora da propositura, deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB), e os deputados Serafim Corrêa (PSB), Cabo Maciel (PR) e Saullo Vianna (PPS).

Atual presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado do Amazonas (Sindepol), Emília Ferraz nasceu em Teresina, Piauí. Ingressou no serviço público em 2001, após aprovação no concurso público para o cargo de delegada da Polícia Civil do Amazonas.

Em pronunciamento na tribuna, a vice-presidente da Assembleia destacou a trajetória profissional da delegada e a relevante contribuição da homenageada para o sistema de Segurança Pública do Estado e o empoderamento das mulheres na sociedade.

“A doutora Emília foi a primeira mulher a assumir o DRCO (Departamento de Repressão ao Crime Organizado), que tem um trabalho fundamental. Ela também a primeira delegada mulher Mestre em Segurança Pública, além de ter participado e liderado operações importantes no Estado. A delegada Emília é uma pessoa destemida, capacitada e corajosa”, exaltou a deputada Alessandra.

A parlamentar fechou sua fala defendendo que, futuramente, as mulheres ocupem o cargo de Delegada-Geral no Estado. Para isso, citou nomes de várias delegadas que marcaram presença na Casa, entre elas as delegadas Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente, e Débora Mafra, titular da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher.

“Eu tenho um sonho de ver ainda uma mulher na Delegacia-Geral aqui do Amazonas, porque nós temos mulheres muito capacitadas, muitas mulheres com currículo invejável. Meu sonho maior é ver uma mulher Delegada-Geral e espero que isso aconteça antes de eu me aposentar”, afirmou Alessandra, que é escrivã licenciada da Polícia Civil.

O deputado Cabo Maciel ocupou a tribuna para falar em nome da Assembleia Legislativa. Ele ressaltou que a concessão do título de Cidadã do Amazonas para a delegada Emília Ferraz foi aprovado por unanimidade pela Casa.

“Primeiro, pelo tempo de política que ela tem e a forma como ela conduziu toda a sua carreira, e a forma como ela age profissionalmente. Eu não tenho dúvida nenhuma que as mulheres crescem, e crescem muito nesse País. Apesar de todas as dificuldades, a gente é conhecedor profundo da importância de se ter as mulheres em vários os segmentos, coordenando, administrando, crescendo, mantendo blocos de defesa a favor das mulheres”, comentou o deputado.

O que disse a homenageada

Em sua fala na tribuna, a delegada Emília Ferraz se disse extremamente feliz e emocionada pela concessão do título de Cidadã do Amazonas pela Assembleia Legislativa. Destacou a decisão de fazer do Estado a sua morada em 2001, e que aqui constituiu família, ganhou amigos, cresceu profissionalmente e experimentou os sabores da culinária da terra.

“Hoje, graças à generosidade dessa colenda Assembleia, posso me sentir em casa, tanto no Piauí, onde tiver a honra de nascer, quanto aqui no Amazonas, onde tiver a honra de crescer na mais ampla acepção da palavra”, disse Emília, acrescentando em seguida:

“O Amazonas revelou-me a vida, deu-me pertencimento. O Amazonas apresentou meu companheiro aqui presente, generosamente me presenteou com meus filhos. O Amazonas me fez conhecer amigos, e são tantos. Possibilitou-me ainda experimentar sabores, me apaixonar pelo tucumã, cupuaçu, tambaqui, jaraqui, tucupi e tantas outras comidas simplesmente fantásticas. Me fez entender e respeitar essa floresta maravilhosa, seus rios e principalmente esse povo generoso, receptivo e amoroso que passa a ser conterrâneo”, disse Emília.

Emocionada, a delegada se disse particularmente feliz porque a iniciativa de tamanha honraria partiu de uma pessoa que considera sua amiga, a deputada Alessandra Campêlo, e teve sua origem no trabalho desenvolvido na Polícia Civil do Amazonas.

Currículo de sucesso

Como delegada, Emília passou primeiramente pelo 18º Distrito Policial (Novo Israel). Posteriormente, atuou nas especializadas de Furtos de Veículos e do Consumidor. A carreira também registra o comando do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), sendo a primeira mulher a ocupar tal posto na Segurança Pública do Estado.

A mais nova Cidadã Amazonense também foi Corregedora Auxiliar da Polícia Civil e, ano de 2014, tornou-se a primeira delegada mulher Mestre em Segurança Pública pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Respeitada pela categoria da qual faz parte, Emília foi aclamada presidente do Sindepol no ano passado – o mandato à frente do sindicato vai até 2022.

Mesa

Compuseram a mesa da atividade, além da autora e dos três deputados, as seguintes autoridades: Orlando Amaral (Delegado-Geral Adjunto da Polícia Civil), Akerna Chagas Corado (presidente do Sindicato dos Escrivães e Investigadores da Polícia Civil do Amazonas), Conceição Sampaio (secretária municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania), Jeff Mc Donald (vice-presidente do Sindicado dos Delegados de Polícia do Estado do Amazonas), Samir Freire (delegado da Polícia Civil e secretário executivo adjunto de Operações da SSP-AM) e Tenente Coronel Iraci Silva (representante do Comando da Polícia Militar do Amazonas).