Conectado por

Religião

“Cristo me libertou da homossexualidade”, afirma ex-gay


Compartilhe:

Publicado por

em

Bíblia diz que todo pecado que você comete dentro do corpo atinge o Espírito Santo, por isso ele cria raízes, porque você se relaciona com o próprio demônio de prostituição, são cadeias intermináveis que só podem ser quebradas com a presença do Senhor”.

Como se libertar da homossexualidade?

“Eu sou fruto de oração”, ela reconhece. Mas além das orações, Janaína revela que é preciso haver uma ação humana para a libertação – a renúncia. Depois de citar Lázaro, ela exemplificou lembrando que Jesus ordenou aos homens “tirai a pedra”.

“O milagre pra sair da homossexualidade não vem de você, isso que eu queria enfatizar – esse milagre vem do Senhor, mas a parte de tirar a pedra vem de mim e de você”, ressaltou.

Depois de várias renúncias, Janaína enfatiza que veio a libertação “e você não se vê mais preso dentro desse pecado”. Ela acredita que o aumento crescente da homossexualidade aponta para a volta de Cristo.

Existe uma saída

“Posso dizer que esse é um caminho de morte, mas é um caminho que tem saída e solução. A sua parte é querer renunciar esse pecado. E a parte de Deus é te tirar desse pecado e quebrar essa cadeia que te prende”, assegura.

“No início, a renúncia parece doer, mas logo vem a graça, a graça que te dá a paz, a graça que te renova, que te restaura”, acrescenta.

Ao afirmar que “só Jesus pode quebrar essas cadeias malditas da homossexualidade”, Janaína alerta que as pessoas não nascem assim. “Isso é um pecado do inferno, isso é uma ideia maligna na sua mente que vai te conduzir à morte”.

E deixa um alerta: “Pais, mães, não façam vista grossa se vocês estão notando algo errado no seu filho […] Seu filho não nasceu pra viver dentro da homossexualidade. Querem mudar a identidade. Nasceu menino, coloca ‘indefinido’ e ele vai decidir… Não! Deus criou homem e mulher”, conclui.

Assista!

IFrame
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *