Conectado por

Mato Grosso

Crianças desaparecidas há dois dias dormiram em parque habitado por jacarés


Compartilhe:

Publicado por

em

Os irmãos I.F.S., de 9 anos, E.F.S., de 10, e N.F.S., de 13 anos, que estavam desaparecidos desde sábado (03) e foram encontrados na segunda-feira (05), passaram estes dois dias de frio dormindo no Parque das Águas, local conhecido pela presença de jacarés e onde um cachorro foi morto após entrar na água. No local, os menores pediram dinheiro para sobreviver.
 
Os três menores haviam desaparecido no sábado, quando teriam saído de casa em direção a casa do avô. Eles foram encontrados quando pegavam um ônibus, em frente a um supermercado na avenida Historiador Rubens de Mendonça (Avenida do CPA), em Cuiabá.
 
Durante os dias que tiveram desaparecidas, as crianças contaram que dormiram no Parque das Águas e que pediam dinheiro para pessoas na região para sobreviver. Vale lembrar que o local é bastante perigoso para menores desacompanhados. No lago, existem diversos jacarés, sendo que, recentemente, um dos animais matou um cachorro que entrou na água.
 
Além disto, as crianças tiveram que enfrentar madrugadas frias, com as temperaturas ficando entre 12ºC e 10ºC. Algumas denúncias chegaram ao Núcleo de Pessoas Desaparecidas, relatando que os menores constantemente pedem dinheiro naquela região e não somente nos dias em que não deram notícias a família.
 
Após a localização das vítimas, duas Conselheiras Tutelares da unidade Glória, que atende a região que os menores moram, foram acionadas para atender e acompanhar as crianças. As investigações para apurar os motivos que levaram os menores a fugirem de casa.
 
No dia 13 de julho, um cachorro foi morto enquanto tentava buscar um graveto jogado por seu dono próximo ao lago do espaço. Segundo a administração do parque, em um dos arremessos feitos, o pedaço de madeira caiu próximo ao jacaré que o atacou. O dono do animal cogitou entrar na água para resgatar seu animal de estimação, porém foi impedido por terceiros.
 
No dia do acidente, as pessoas relataram que o cão havia sido comido pelo réptil, porém, no domingo (14), o cachorro foi retirado do lago intacto.
 
Os jacarés vivem no local desde antes a construção do Parque das Águas, quando era apenas uma lagoa. De acordo com a Prefeitura de Cuiabá, é estimado que tenha quatro jacarés de tamanhos diferentes na região.
 
O município afirma que o incidente foi uma fatalidade, já que o cão entrou no habitat natural do réptil. A Prefeitura também classifica o caso como pontual, já que não houve qualquer situação semelhante desde a inauguração do parque, em 2016.