Conectado por

Agronegócios

Covid-19: China suspende importações de carne da Marfrig (MT) e Minuano (RS)

Publicado por

em

De acordo com publicação do Valor Econômico nesta segunda-feira (29), a Administração Geral de Alfandêgas da China (GACC, na sigla em inglês) atualizou a lista de frigoríficos autorizados a exportar para o país, oficializando a suspensão temporária de mais dois abatedouros brasileiros. A unidade da Marfrig, em Várzea Grande, no Mato Grosso, e a Minuano, em Lajeado, no Rio Grande do Sul, estão temporariamente impedidas de exportar seus produtos para o país asiático.

Continua após a publicidade

Em comum, os frigoríficos brasileiros suspensos tiveram casos de covid-19 entre os funcionários.

Com isso, já são quatro frigoríficos brasileiros suspensos de exportar para a China, já que na semana passada, o abatedouro de bovinos Agra, em Rondonópolis (MT), e a unidade de abate de frango da JBS, em Passo Fundo (RS), tiveram a habilitação chinesa suspensa.

A decisão de suspender os abatedouros, que vem ocorrendo como uma medida preventiva do próprio Ministério da Agricultura do Brasil, ocorre em meio aos esforços chineses para evitar uma segunda onda de contaminação de covid-19 no país.

Embora não existam evidências de que os alimentos transmitam o vírus, as autoridades chinesas pediram os países que exportam carne para seu mercado suspendam empresas com casos da doença entre funcionários, como o Valor já informou.

Notícias Agrícolas entrou em contato com as assessorias de imprensa da Marfrig e da Minuano Alimentos, e ambas disseram que as empresas não irão se pronunciar sobre o assunto no momento.

Fonte:

Notícias Agrícolas + Valor