Conectado por

Agronegócios

Covid-19 afeta diretamente setor de carnes dos EUA

Publicado por

em

A pandemia do novo coronavírus está afetando diretamente a produção de carne dos Estados Unidos, após vários funcionários de grandes frigoríficos testarem positivo para a doença, segundo o que informou o portal especializado da CarneTec Brasil. A Smithfield Foods, por exemplo, anunciou que manterá fechada uma planta por tempo indeterminado, mesmo ela sendo responsável por quase 5% da produção total de carne de porco no país norte-americano.

Continua após a publicidade

“É impossível manter os supermercados estocados se nossas plantas não estão operando. O fechamento dessas unidades irá também ter severas, talvez desastrosas, repercussões para muitos na cadeia de suprimentos, principalmente para os criadores de animais do país”, disse o presidente da Smithfield Foods, Kenneth M. Sullivan, em comunicado.

A JBS USA informou os empregados na unidade de processamento de carne bovina Greeley, no estado do Colorado, seriam testados para o coronavírus depois que 36 funcionários apresentarem confirmação para a doença. “Os testes na unidade estavam programados para ocorrerem durante o fim de semana de Páscoa e na segunda-feira (13), quando a empresa aproveitaria para fechar a planta e realizar uma limpeza ainda mais profunda nas instalações”, completa o portal.

“Temos atualmente 36 empregados da JBS que testaram positivo no condado de Weld e estamos oferecendo apoio aos membros da nossa equipe e seus familiares. Independentemente das medidas que tomamos em nossas unidades, devemos trabalhar juntos para prevenir a contínua disseminação do coronavírus em nossas comunidades”, disse o presidente da JBS USA, André Nogueira, em comunicado.

AGROLINK