Conectado por

Agronegócios

ConnectFarm fará parte de mercado digital do agro


Compartilhe:

Publicado por

em

Agrotech será a primeira empresa de serviços a integrar a plataforma da Agrofy Market

A inovação e as transformações digitais foram intensificadas com a pandemia nos mais diversos setores da economia. No campo, não foi diferente. Os mercados se tornaram online e quebraram barreiras físicas. Os marketplaces ampliaram as ofertas e desbravaram fronteiras. Pensando nisso, a ConnectFarm — startup gaúcha que desenvolve ferramentas e tecnologias para ampliar a produtividade, otimizar recursos e maximizar a rentabilidade dos produtores — passa a integrar a Agrofy Market — mercado online do agro com mais de 600 mil usuários cadastrados, presente em oito países da América Latina, incluindo o Brasil.

A agrotech será a primeira empresa prestadora de serviços agropecuários a fazer parte da plataforma — que iniciou os negócios em 1999, na Argentina. Marcas como John Deere e New Holland, Toyota e Mercedes-Benz, Yara e BASF, Santander e BBVA, SKF e Rotoplas estão entre as presentes no mercado online. Apenas no Brasil são 600 empresas comercializando cerca de 17 mil produtos com 1,3 milhão de acessos e 24 mil oportunidades de negócios por mês. O Brasil supera os Estados Unidos em negociações online no campo: 36% contra 26%, segundo dados da consultoria norte-americana McKinsey & Company.

Serviços online

Em um ambiente personalizado, que permite a inserção de identidade visual e informações dos produtos e serviços, a loja online visa acelerar o caminho entre o negócio e o consumidor. Haverá espaço para vídeos explicativos e depoimentos de clientes. Ofertas destacadas e especiais ainda serão promovidas regularmente. Três pacotes de serviços serão oferecidos: basic, premium e Connect 5K — com tecnologia voltada à inclusão de agricultores familiares. “Estamos muito empolgados com essa novidade que oferecemos ao mercado. Nada mais adequado que nosso serviço esteja em um ambiente virtual, acessível à nova realidade dos produtores rurais,” destaca o CEO da ConnectFarm, Rodrigo Franco Dias.

Um dos serviços da agrotech é o Índice de Gestão Ambiental (IGA), baseado em um algoritmo que insere atributos do solo, das plantas e do ambiente. O sistema melhora a inteligência à medida que aumenta sua base de dados, permitindo uma recomendação mais assertiva para cada ambiente da propriedade. Há ainda o Connect 5K, que busca levar a inteligência de dados aos agricultores familiares. A loja online da ConnectFarm na Agrofy Market pode ser acessada pelo endereço na web www.agrofy.com.br/connect-farm

Destaque nacional

Com três anos de atuação em território nacional, a agrotech ConnectFarm busca ampliar a produtividade, otimizar recursos e maximizar a rentabilidade dos produtores rurais do país. Possui atualmente cerca de 130 produtores na carteira de clientes, estando presente em pelo menos sete estados brasileiros.

Em 2020, a agrotech venceu o Desafio Nacional de Máxima Produtividade do Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB), na categoria “Irrigado”. Em uma propriedade em Boa Vista das Missões, alcançou uma produtividade de 111,9 sacas de soja por hectare — a média de produção de soja no Brasil é de 54,5 sacas/ha.

(Fotos: Divulgação/ConnectFarm)

Paulo Roberto D’Agustini