Conectado por

Agronegócios

Confira os pecuaristas vencedores da etapa do Circuito Nelore de Qualidade, em Santana do Araguaia (PA)

Publicado por

em

A unidade da Friboi recebeu o evento

Continua após a publicidade

 

A Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) e a Associação dos Criadores de Nelore do Norte do Brasil (ACNNB) divulgaram os resultados da etapa do Circuito Nelore de Qualidade, realizada na unidade da Friboi em Santana do Araguaia (PA), que recebeu pela primeira vez o evento. Foram avaliados 522 animais, sendo 361 machos e 161 fêmeas. O Circuito tem apoio da Friboi e Matsuda Sementes e Nutrição Animal.

 “Entre os machos, 78% apresentaram até dois dentes incisivos permanentes (cerca de dois anos de idade) e 79% deles pesaram mais de 18 arrobas, sendo a média de 20 arrobas. Já 83% das fêmeas tinham até quatro dentes incisivos permanentes (menos de três anos de idade), 62% pesaram mais de 14 arrobas, com média de peso de 14,5 arrobas, e 47% tinham cobertura de gordura mediana”, informa Gustavo Callejon, assessor técnico da ACNB.

O melhor lote de carcaças de Machos ficou com Carlos Alberto Mafra Terra, da Fazenda Belo Horizonte (Santa Maria das Barreiras/PA), conquistando a Medalha de Ouro. “Participar do Circuito Nelore é um grande prazer e motivação para nós criadores. É uma forma de avaliarmos o trabalho de melhoramento da raça, focando principalmente no desempenho econômico, ou seja, o resultado do animal no ganho. É uma grande honra participar deste projeto da ACNB, mais um estímulo para continuar o trabalho e dedicação em oferecer uma carne de qualidade ao mercado. Estou muito feliz, pois confirma todo o nosso trabalho e dedicação nestes 20 anos de seleção desta raça que considero imbatível: o Nelore”, fala Carlos Mafra.

A Medalha de Prata foi de Romildo Euclydes Bocchi, da Fazenda Manah (Santana do Araguaia/PA) e a Medalha de Bronze ficou com Rubens Eduardo Sauer Marcondes Pereira, da Fazenda Camacari (Santana do Araguaia/PA)

Em relação às Fêmeas, o melhor Lote de carcaças foi de Luis Renato Virgili Pedroso, da Fazenda Terra Roxa (São Felix do Xingu/PA), ganhador da Medalha de Ouro.

“Agradeço a todos da ACNB, Friboi, Canal Rural e Giro do Boi, por nos dar a oportunidade de participar deste Circuito Nelore. Não podem imaginar a importância de valorizar nós pecuaristas. Por vários anos venho trabalhando para melhorar nosso rebanho, investindo em sanidade animal, genética e nutrição. Hoje estamos colhendo os resultados. Agradeço também minha equipe que participa diariamente nesta luta desde a inseminação até finalizar para o abate. Meu sentimento é de realização. Vejo a raça Nelore como um sucesso para todos os criadores. É a nossa raça-mãe, e é por meio dessas campanhas que podemos melhorar e aperfeiçoar cada vez mais nosso sistema de produção. Sou um apaixonado pela raça Nelore”, enaltece Luis Renato.

A Medalha de Prata foi de Romildo Euclydes Bocchi, da Fazenda Manah (Santana do Araguaia/PA) e a Medalha de Bronze ficou com Valdice Domingos de Freitas, da Fazenda Sabran (Cumaru do Norte/PA).

Circuito Nelore de Qualidade

Realizado pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil, o Circuito Nelore de Qualidade fortalece e promove a genética e a carne da raça, contribuindo para elevar a produtividade da pecuária nacional. A iniciativa avalia resultados obtidos pelos produtores, cada qual em sua realidade e sistema de produção.

Promovido desde 1999, o Circuito conta com apoio da Friboi e Matsuda Sementes e Nutrição Animal, e cresce a cada ano. Em 2020, estão previstas a realização de 40 etapas em 11 estados. Até o fim do ano, 25 mil animais devem ser avaliados, consolidando o Circuito Nacional de Qualidade como o maior campeonato de avaliação de carcaças de bovinos do mundo.

Mais informações: www.nelore.org.br/circuitonelore

Texto Assessoria