Conectado por

Concursos

Concurso STN confirma pedido de novas vagas e aguarda autorização

Publicado por

em

Concurso STN poderá ser realizado em breve. A expectativa é de que uma seleção ocorra nos próximos meses, uma vez que a Secretaria do Tesouro Nacional acaba de confirmar uma nova solicitação de concurso com 120 vagas de nível superior. O pedido para realização do concurso Tesouro Nacional ainda aguarda autorização.

Continua após a publicidade

Situação atual do Concurso STN

Acaba de ser confirmado pela Assessoria de Imprensa da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) a solicitação de um novo concurso público para o órgão, com 120 vagas de nível superior no cargo de Auditor Federal de Finanças e Controle (AFFC).

Em 2019, havia sido feito um pedido de realização do concurso Tesouro Nacional com 60 vagas para técnicos.

Agora cabe ao Ministério da Economia analisar o pedido e autorizar ou não a realização do certame.

O último concurso realizado ocorreu em 2012, portanto não está mais vigente e não poderá haver novas contratações até que um novo concurso ocorra.

Cargos vagos no STN: Secretaria do Tesouro Nacional

A realização de um concurso público no órgão é iminente, principalmente pelo fato de haver um grande número de cargos vagos no STN.

Em 2019, a informação era de que havia um déficit de 639 vagas para Analista e 893 vagas para Técnicos.

Concurso STN: atribuições dos cargos

Os dois principais cargos a serem preenchidos no concurso Tesouro Nacional são de nível médio (Técnico) e superior (Auditor). Confira as atribuições desses profissionais.

O que faz um Auditor Fiscal do Tesouro Nacional?

Auditor Fiscal do Tesouro Nacional é responsável por supervisionar, coordenar, dirigir e executar trabalhos na área de gestão orçamentária, financeira, patrimonial e análise contábil.

Ele também vai assessorar os Sistemas de Administração Financeira Federal e de Contabilidade Federal, além de, é claro, orientar seus auxiliares.

Outra atividade do Auditor é realizar a pesquisa e perícia de atos da administração orçamentária, financeira e patrimonial. Além disso, ele deverá interpretar a legislação fiscal e, por fim, trabalhar para a modernização e informatização da administração financeira do Governo Federal.

O que faz um Técnico do Tesouro Nacional?

Técnico de Finanças e Controle do STN tem como função realizar a supervisão, coordenação e orientação das atividades relacionadas ao Sistema de Controle Interno do Poder Executivo.

Ele irá analisar, acompanhar e executar estudos, pesquisas e processamento de dados sobre informações relacionadas ao Sistema de Controle Interno. Também é responsável por examinar os processos de licitação, contratos e convênios firmados pelos gestores públicos.

Por fim, é ele que auxilia os trabalhos de auditoria contábil.

Concurso STN: requisitos dos cargos

Deseja concorrer a uma das vagas a serem abertas no concurso Tesouro Nacional? O primeiro passo é entender quais são os requisitos das vagas, de forma que você possa saber se estará apto a concorrer no concurso. Saiba mais:

O que é preciso para se tornar um Auditor Fiscal do Tesouro Nacional?

O requisito para concorrer à vaga de Auditor Fiscal é possuir o ensino superior completo, em qualquer área.

O profissional precisa ter outros requisitos comuns para investidura em cargos públicos, como idade mínima de 18 anos, aptidão para o exercício do cargo, estar em dia com suas obrigações eleitorais e militares entre outros.

O que é preciso para se tornar um Técnico do Tesouro Nacional?

Da mesma fora, o Técnico do Tesouro Nacional também precisa possuir os requisitos comuns e necessários para assumir um cargo público.

Com relação à escolaridade, para assumir a vaga é necessário que o candidato possua o ensino médio completo.

Qual o salário de um Técnico do Tesouro Nacional?

A remuneração inicial do cargo é de R$ 6.882,57, podendo chegar a R$ 7.309,13 após reajustes.

E quanto ganha um Auditor do Tesouro Nacional?

O último edital foi realizado em 2012 e, na época, foi anunciada a remuneração inicial de R$ 12.961,00.

Oito anos depois e após vários reajustes e acordos na carreira, a remuneração inicial é de R$ 19,6 mil. Após todas as progressões que o profissional pode atingir, esse valor pode chegar a R$ 27 mil.

Último Concurso Tesouro Nacional

último concurso Tesouro Nacional foi realizado em 2012 pela Escola de Administração Fazendária (ESAF), quando o órgão preencheu 255 vagas, todas para Analista de Finanças e Controle (atual cargo de Auditor Federal de Finanças e Controle).

Na ocasião, foram 21.808 candidatos inscritos que concorrem nas seguintes áreas:

  • Contábil;
  • Desenvolvimento Institucional;
  • Econômico-financeira;
  • Tecnologia da Informação: Governança e Gestão em Tecnologia da Informação;
  • Tecnologia da Informação: Gestão em Infraestrutura de Tecnologia da Informação.

Etapas do Concurso Tesouro Nacional

concurso STN de 2012 foi dividido em três etapas e, caso aconteça um novo concurso, a estrutura deverá ser parecida, portanto os candidatos já podem ficar atentos ao conteúdo a serem cobrados nas provas.

Aquela seleção teve uma prova objetiva de Conhecimentos Gerais, valendo 100 pontos; uma prova objetiva de Conhecimentos Específicos, valendo 150 pontos; e uma prova discursiva, valendo 120 pontos.

A última etapa do concurso foi o Curso de Formação, com caráter eliminatório e realizado em Brasília – DF.

O que estudar para o Concurso STN

prova objetiva teve 140 questões, assim distribuídas:

  • Língua Portuguesa20 questões;
  • Língua Estrangeira (Espanhol ou Inglês): 10 questões;
  • Direito Administrativo: 6 questões;
  • Direito Constitucional: 6 questões;
  • Raciocínio Lógico-Quantitativo10 questões;
  • Estatística: 8 questões;
  • Finanças Públicas: 10 questões;
  • Administração Pública: 10 questões;
  • Conhecimentos Específicos: 60 questões.

prova discursiva teve duração de três horas e os candidatos tiveram que elaborar uma dissertação contendo de 40 a 60 linhas, além de responder outras três questões, cada uma devendo ter de 15 a 30 linhas. O tema da dissertação era relacionado a cada uma das áreas em disputa.

Sobre o órgão

Secretaria do Tesouro Nacional foi criada em 10 de março de 1986 de forma a assumir as atribuições deixadas pela Comissão de Programação Financeira e da Secretaria de Controle Interno do Ministério da Fazenda. A STN também incorporou as funções fiscais que eram realizadas pelo Banco Central e Banco do Brasil S/A.

Vinculado ao Ministério da Economia, o Tesouro Nacional já enfrentou muitos desafios ao longo de sua existência, como:

  • Substituir, em 1988, a conta Movimento do Governo no Banco do Brasil pela Conta Única do Tesouro no Banco Central (Bacen);
  • Permitir que a administração e o controle das finanças federais ficassem associados à execução financeira das unidades gestoras;
  • Unificar os orçamentos, atrelando os gastos governamentais à prévia autorização do Congresso Nacional, dentre outros.

Resumo do concurso STN (Tesouro Nacional)

  • Órgão: Secretaria do Tesouro Nacional (STN/Tesouro Nacional);
  • Banca executora: a confirmar;
  • Cargos: Técnico (nível médio) e Auditor (nível superior);
  • Remuneração: até R$ 19,6 mil;
  • Inscrições, taxa de inscrição e provas: após publicação do edital;
  • Situação atual do concurso STN: solicitada a realização.

FONTE:https://www.concursosnobrasil.com.br/concursos/br/concurso-secretaria-do-tesouro-nacional-stn-20182019.html