Conectado por

Concursos

Concurso PF: Autorização ainda não saiu do Diário Oficial!


Compartilhe:

Publicado por

em

O presidente havia confirmado recentemente que duas mil vagas estavam previstas para o concurso PF. Apesar disso, nenhum aval foi publicado ainda pelo Ministério da Economia no Diário Oficial da União. Assim, segue sem uma autorização efetiva.

O presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luís Boudens, confirmou que o parecer da Economia ainda não saiu. Ele afirmou que a corporação segue no aguardo da definição da pasta e que vai confirmar o quantitativo de vagas e sua respectiva distribuição.

No início de outubro, durante discurso na Academia Nacional de Polícia (ANP), em Brasília, ele elogiou a corporação e falou sobre a expectativa para o novo concurso Polícia Federal.  “Por iniciativa do Diretor-Geral e do Ministro da Justiça, conseguimos, junto ao Ministro da Economia, a oportunidade de mais 2 mil vagas para o ano que vem. Estamos ultimando a confecção do edital de modo que o possamos ter esse efetivo a mais para combater o crime organizado no país”, afirmou o presidente.

Novo concurso PF

No mês de agosto de 2020, foi confirmada a realização do concurso da Polícia Federal. A expectativa é de que o edital abra 2 mil novas vagas para os cargos de Agente de Polícia Federal (1016 vagas); Escrivão (600 vagas); Delegado (300 vagas) e Papiloscopista (84 vagas). As informações divulgadas quanto ao quantitativo de vagas, no entanto, ainda não foram oficializadas pela Polícia Federal.

Os salários variam entre R$ 12.522,50 e podendo chegar até R$ 30.936,91. A previsão é que o novo edital seja publicado em breve. Confira abaixo o cronograma completo previsto, que segundo um agente da PF vazou no primeiro semestre deste ano.

  • Assinatura do contrato com a organizadora: 23 de novembro de 2020;
  • Publicação de edital: 8 dezembro de 2020;
  • Aplicação das provas objetivas e discursivas: 11 de abril de 2021;
  • TAF: 12 a 13 de junho de 2021;
  • Aplicação do exame médico: 17 e 18 de julho de 2021;
  • Prova de digitação: 22 de agosto de 2021;
  • Avaliação psicológica: 26 de setembro de 2021;
  • Heteroidentificação de candidatos negros: 31 de outubro de 2021;
  • Avaliação de títulos: 22 a 26 de novembro de 2021;
  • Resultado final: 21 de dezembro de 2021;
  • 1º Curso de Formação: janeiro de 2022;
  • 2º Curso de Formação: julho de 2022.

De acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, além dessas vagas previstas, outras 508 já haviam sido solicitadas pelo órgão. As oportunidades deverão suprir o déficit de servidores na área administrativa e de apoio (níveis médio e superior). Saiba mais aqui!

Concursos no Brasil