Conectado por

Concursos

Concurso IBGE 2018: novo edital está em pauta. 1.800 vagas para nível médio e superior

Publicado por

em

O presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGEe a direção-geral da Associação e Sindicato Nacional dos Servidores do IBGE (Assibge) estiveram em reunião para tratar de assuntos de interesse do Instituto. O encontro foi realizado na segunda-feira, 14 de maio, entre os tópicos foi discutida a necessidade de realização do novo concurso IBGE 2018. 

Continua após a publicidade

O encontro foi marcado a fim de pautar demandas da categoria que, até o momento, não foram atendidas e que serão discutidas em nova reunião com o Ministério do Planejamento, agendada para a próxima semana.

A expectativa é de que após a reunião, sejam anunciadas a previsão da publicação de autorização para o concurso e a data prevista para o lançamento do edital.

Concurso IBGE – Solicitação é de 1.800 vagas

O IBGE solicitou ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) a realização de um novo concurso público para provimento efetivo de 1.800 vagas, sendo 1.200 de técnico. Esse cargo é destinado a quem possui o nível médio e tem ganhos de R$ 3.556,85.

As demais 600 vagas solicitadas são para a função de analista, de nível superior. A remuneração nesse caso é de R$ 7.458,49. Os valores já incluem o auxílio-alimentação de R$ 458.

O pedido de concurso IBGE foi protocolado no Ministério do Planejamento no dia 15 de dezembro. De lá para cá foram registradas 23 movimentações. Hoje a solicitação está na Divisão de Concursos Públicos do Planejamento.

Concurso IBGE aposentadorias reforçam necessidade de novo concurso

Enquanto o IBGE negocia com o governo a possibilidade de realizar o concurso IBGE 2018, o órgão sofre com a carência de pessoal e as aposentadorias. Na medida em que as demandas de pesquisas no país crescem a cada dia, o quadro de pessoal do IBGE diminui a cada mês.

Dados da da Associação e Sindicato dos Servidores do IBGE (ASSIBGE) mostram que 1.900 servidores (38% do quadro atual) estão em abono de permanência, podendo se aposentar a qualquer momento.

Pedido protocolado para novo concurso IBGE

Pedido protocolado para novo concurso IBGE

Último concurso IBGE para efetivos

O IBGE já nomeou os 600 aprovados dentro das vagas, sendo essa medida um provimento adicional, totalizando 900 vagas no total. Agora, novas autorizações só podem ocorrer por despacho presidencial.

Concurso IBGE para efetivos

Concurso IBGE para efetivos nomeações!

O IBGE recebeu 511.185 inscritos para o concurso que teve as provas aplicadas em abril, segundo a FGV, a organizadora do processo. Foram 476.437 inscritos para as 460 vagas de técnico em informações geográficas e estatística, uma concorrência média de 1.035 candidatos por vaga.

Já para as 140 vagas de analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas e de tecnologista em informações geográficas e estatísticas foram 34.748 inscritos, uma média de 248,2 candidatos por vaga. Segundo a FGV, o total da remuneração bruta pode chegar a R$ 7.662,49 para os servidores sem titulação, a R$ 8.055,41 para os portadores de certificado de especialização, a R$ 8.448,33 para os portadores de título de mestre e a R$ 9.396,88 para os portadores de título de doutor.

Das 140 vagas, 118 são para o Rio de Janeiro e 22 para os seguintes estados: Amazonas, Amapá, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, além do Distrito Federal, sendo 8 vagas reservadas para pessoas com deficiência e 8 para candidatos negros.

O concurso oferecia oportunidades para os cargos de técnico em informações geográficas e estatísticas (460), de nível médio, 90 para analistas de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas e 50 para tecnologistas (ambos de nível superior).

As provas objetivas do concurso do IBGE ocorreram em 10 de abril, para analistas e tecnologistas, e no dia 17 do mesmo mês, para quem desejava um dos postos de técnico. Para os três cargos, a avaliação foi aplicada das 13h às 17h, exceto o analista da área de Análise de Sistemas/Desenvolvimento, que fará a prova das 13h às 18h. Os candidatos a técnico foram submetidos a 60 questões, sendo dez de Conhecimentos Específicos do IBGE, 15 de Geografia, 15 de Matemática e 20 de Língua Portuguesa.

Os concorrentes a analista e tecnologista foram  submetidos a 70 questões, exceto os da área de Análise de Sistemas/Desenvolvimento, que responderá a 60 e fará uma prova discursiva. O exame objetivo versou sobre Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Raciocínio Lógico Quantitativo) e Conhecimentos Específicos. O número de questões por disciplina varia. Para o técnico, foi aprovado quem conseguir, pelo menos, 40% dos pontos da prova, sem zerar nenhuma disciplina. Para analista e tecnologista, estará apto quem alcançar 50% dos pontos da prova, sem zerar nenhuma matéria, além de obter uma pontuação mínima na parte específica, que varia de acordo com a área pretendida.

Detalhes concurso IBGE efetivos:

  • Concurso: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (Concurso IBGE 2016)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *