Conectado por

AL/MT

Comissão mista entre ALMT e Congresso Nacional vai discutir queimadas no Pantanal

Publicado por

em

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho (DEM), anunciou em sessão plenária nesta quarta-feira (16), durante fala no pequeno expediente, a formação de uma comissão mista entre o Parlamento mato-grossense, a Câmara Federal e o Senado, para discutir as queimadas na região do Pantanal.

Continua após a publicidade

Botelho informou que já fez tratativas com a deputada federal Rosa Neide (PT) neste sentido e anunciou que uma visita de deputados à região já está agendada para o próximo sábado (19). “Combinei com a deputada Rosa Neide que vamos fazer essa comissão mista da Assembleia Legislativa, Câmara Federal e do Senado, para fazermos composições e elaborarmos leis para fazer com que essas queimadas históricas, que estão acontecendo no Pantanal, não venham ocorrer mais nos próximos anos”, disse o presidente.

Segundo Eduardo Botelho, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso, será protagonista nesta ação. “Vamos trabalhar nesse projeto, a Assembleia Legislativa vai estar à frente dele, junto com a Comissão de Meio Ambiente desta Casa de Leis. No sábado, inclusive, vamos fazer uma visita ao Pantanal. Vamos elaborar propostas tanto para a Câmara Federal, como Senado e Assembleia Legislativa”, observou o parlamentar.

O deputado Wilson Santos (PSDB), em fala na tribuna, destacou a iniciativa do presidente da Assembleia. “Gostaria de cumprimentar o nosso presidente pela decisão de ir fundo nessa questão das queimadas. O Pantanal não tem divisa, por isso sugiro que esse tema seja debatido em conjunto com Mato Grosso do Sul, com os parlamentares do nosso estado coirmão”, disse.

O parlamentar entende que uma comissão para discutir queimadas no Pantanal não pode prescindir da participação dos deputados estaduais de Mato Grosso do Sul. “Esse tema é preocupante e merece toda atenção, não só da Assembleia Legislativa, como do governo federal e de todos os envolvidos”.

Quem também discutiu a questão das queimadas no Pantanal durante a sessão foi o deputado Faissal Calil (PV). O parlamentar, inclusive, sugeriu em Plenário a utilização das aeronaves agrícolas para o combate ao fogo nas regiões atingidas.

AL MT