Conectado por

Acre

Com 7% dos leitos ocupados, Acre é o estado com menor taxa de ocupação de UTI Covid, diz Fiocruz


Compartilhe:

Publicado por

em

O Acre voltou a ter a menor taxa de ocupação de leitos de UTI Covid do Brasil, segundo dados do Boletim Observatório Covid-19 da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O estudo avaliou número de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) ocupados nessa quarta-feira (8), quando o estado acreano estava com 7% dos leitos de UTI Covid ocupados.

Porém, nesta quinta (9), dos 70 leitos disponíveis na rede SUS em todo o Acre, seis estão ocupados. Com isso, a taxa de ocupação dos leitos é de 9%. São 50 leitos em Rio Branco e 20 em Cruzeiro do Sul.

Ainda conforme o estudo, apenas os estados de Roraima e Rio de Janeiro estão com taxas de ocupação superiores a 60%. O ocupação nos estados se encontra da seguinte forma:

  • Distrito Federal – 57%
  • Paraná – 57%
  • Rio Grande do Sul 51%
  • Goiás – 52%
  • Espírito Santo – 48%
  • Rondônia – 47%
  • Santa Catarina – 47%
  • Pernambuco – 43%
  • Mato Grosso – 43%
  • Maranhão – 42%
  • Piauí – 41%
  • Tocantins – 41%
  • Ceará – 38%
  • Pará – 35%
  • Mato Grosso do Sul – 34%
  • Amazonas – 34%
  • São Paulo – 33%
  • Bahia – 30%
  • Rio Grande do Norte – 30%
  • Minas Gerais – 29%
  • Sergipe – 20%
  • Paraíba – 20%
  • Amapá – 16%
  • Alagoas – 14%
  • Acre – 7%

Sobre as capitais, o estudo diz que 22 estão foram da zona de alerta de ocupação de leitos. As que tiveram as maiores quedas foram Fortaleza (60% para 55%) e Belo Horizonte (61% para 56%). Rio de Janeiro (94%) e de Boa Vista (82%) permanecem na zona de alerta crítico.

Em agosto desse ano, o Acre já tinha a menor taxa de ocupação de leitos de UTI do país. Naquela época o estado acreano estava com 13% de ocupação.

Vacinação no Acre

De acordo com informações do portal de transparência do governo, o Acre recebeu 730.563 doses de vacinas e foram aplicadas 709.617 doses na população até esta quinta (9), último dia em que o site foi atualizado. Das doses, 483.858 pessoas tomaram a primeira dose, 213.990 a segunda e 11.769 a dose única. Rio Branco aplicou 373,7 mil doses e Cruzeiro do Sul 96,4 mil.

Segundo o governo, o número de doses aplicadas que consta no portal refere-se aos dados já inseridos no sistema do Ministério da Saúde, cujas atualizações são realizadas pelos municípios. Por isso, pode haver atraso nas informações.

G1.globo.com

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento