Conectado por

Mato Grosso

Cobertor curto: Mendes avisa que sem reforma, pode congelar duodécimo de poderes até 2029


Compartilhe:

Publicado por

em

Já prevendo dificuldades para conseguir o número necessário de votos na Assembleia Legislativa para aprovação da Reforma da Previdência, o governador Mauro Mendes (DEM) incluiu os poderes entre os atingidos com eventuais medidas amargas caso a PEC não passe.

Segundo ele, se o projeto não for aprovado, o Executivo terá, entre outras medidas, que congelar o orçamento dos poderes e órgãos autônomos do Estado até 2029. O valor contingenciado chegaria a R$ 4,9 bilhões.

Para aprovar a PEC, o Governo precisa de ao menos 15 votos. O Executivo conta com 18 membros da base governista, mas sempre há dissidências em votações.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *