Conectado por
Governo de Rondônia

Acre

Cientista acreano descobriu árvore mais alta da Amazônia

Publicado por

em


Continua após a publicidade

O pesquisador Marcus Vinicius Neves D´Oliveira, da Embrapa do Acre, é um dos descobridores da árvore mais alta da Amazônia brasileira, uma Dinizia excelsa, popularmente conhecida como Angelim Vermelho.

A descoberta ocorreu no fim de agosto passado dentro de uma unidade de conservação estadual de uso sustentável, a Floresta Estadual do Parú, no Pará, e foi descrita em artigo publicado na revista Frontiers in Ecology and the Environment, um dos mais conceituados veículos de comunicação da ecologia mundial. Ali há vários Angelim Vermelho.

A árvore tem 88 metros de altura, equivalente a um prédio de 24 andares. Sua altura é um recorde para a Amazônia brasileira, que ainda não tinha registrado nenhuma árvore com mais de 70 metros de altura.

O pesquisador acreano é doutor em manejo de florestas nativas pela Universidade de Arbedeen, na Escócia. Além dele, integram o grupo representantes da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), e das universidades britânicas de Cambridge e Oxford, entre outros.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *