Conectado por

Mato Grosso

Cidade de MT registra 419 casos de dengue e uma morte em 20 dias; aumento de 900%


Compartilhe:

Publicado por

em

A cidade de Sinop (a 480 quilômetros de Cuiabá) registrou 419 casos de dengue nos primeiros 20 dias deste ano. Do total, 14 tiveram sinais de alarme e quatro foram graves. Há também registro de um óbito por  causa da doença. Isso significa um aumento de 900% nos casos registrados durante todo o mês de janeiro de 2019, no qual foram apenas 41.

Por conta do aumento, a prefeita Rosana Martinelli (PL), anunciou na terça-feira (28), o horário estendido para atendimento de pacientes com suspeita de dengue em cinco postos de saúde. A determinação da gestora vai ao encontro das diversas ações que a Administração tem adotado no controle e combate ao Aedes aegypti.

Conforme a prefeita, os postos Menino Jesus e Violetas ficarão abertos de segunda a sábado, das 7h às 22h, e os postos Sabrina, Jacarandás e Maria Vindilina II de segunda a sexta-feira, das 7h às 22h e não fecharão para o almoço, dando maior fluxo aos atendimentos de pessoas com suspeita de dengue.

“A UPA já recebeu um reforço de médicos, de técnicos e enfermeiros, uma sala especial para atender a população com os sintomas da doença. Essas novas medidas que estamos tomando, de abrir os postos em horários diferenciados, é para ajudar a suprir essa demanda que vem aumentando. Nosso intuito é ofertar um atendimento rápido e atender muito bem ao cidadão”, frisa.

Além de ampliar o horário de atendimento, a prefeita determinou que nos cinco postos seja feita a coleta imediata de exames e a entrega de resultados dos exames. As demais unidades básicas de saúde do município seguem com atendimento normal, com horário das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Já os laboratórios municipais localizados na Avenida dos Jacarandás (CIAMS), Jardim Umuarama II (Rua José Gonçalves) e na Avenida André Maggi (Jd. Violetas) também farão horário estendido para coleta e resultados de exames, sendo das 7h às 17h. “Nossos profissionais estarão atendendo, coletando os exames, para que tenha o atendimento mais rápido”, explicou.

A chefe do Executivo Municipal ponderou que fez contato com o Governo do Estado solicitando apoio. Nesta segunda-feira a Secretaria de Estado de Saúde e as equipes do Hospital Regional de Sinop atenderam o pedido do município e realizaram a transferência de pacientes de alta complexidade que estavam internados na UPA 24h da Avenida André Maggi, para os hospitais de referência.

“Estive na UPA ontem e estamos acompanhando essa situação todos os dias. Depois de conversas com o Regional, com o deputado Dilmar Dal Bosco e o secretário Gilberto, foram resolvidos vários casos que estavam na UPA e eram alta complexidade. O Regional foi parceiro e já fez transferência de alguns pacientes”.

DENÚNCIAS

A Prefeitura de Sinop conta, também, com o apoio para a realização de denúncias de imóveis e locais com suspeita de entulho acumulado e foco de dengue. O número de telefone é o 3511-1829; já pela palma da mão, é possível informar o município por meio do aplicativo Se Liga Sinop, baixado gratuitamente pela internet em qualquer smartphone, ou o próprio site www.seligasinop.com.br.

Em locais onde forem flagrados focos do mosquito e, de acordo com o grau de infestação, serão lavradas multas de imediato. Em casos considerados menos graves, uma pré-notificação dará tempo para que o morador se regularize, sob risco de ser penalizado quando da realização de uma próxima vistoria pelo poder público.

OLHARDIRETO