Conectado por

Cuiabá-MT

Cerca de 400 pessoas vivem nas ruas de Cuiabá, diz levantamento


Compartilhe:

Publicado por

em

Um seminário realizado nessa quinta-feira (30), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), em Cuiabá, discutiu ações e soluções para ajudar moradores de rua. Segundo levantamento da Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, mostrou que a capital tem cerca de 400 moradores de rua.

A segunda edição do seminário tem o objetivo de debater ideias e encontrar caminhos para tirar as pessoas da rua e dar o mínimo de dignidade à elas, segundo a defensora pública Rosana Monteiro.

“Nós queriamos trazer o conhecimento e informar a sociedade de que se trata de pessoas que precisam de oportunidade”, contou.

O morador de rua Raí dos Santos disse que vive nos cantos da cidade desde quando tinha sete anos.

“Desde os sete anos eu vivo na rua lutando para sobreviver e é muito difícil viver na rua porque é uma situação que te deixa vulnerável”, disse.

O diretor da área social da Câmara de Dirigentes Logistas (CDL), Paulo Boscolo, disse que o comércio tem um papel fundamental em ações sociais da capital.

“Eu acho de extrema valia todas as discussões que são faladas nesse seminário, para que possamos encontrar novos caminhos”, afirmou.

Seminário discute ações para diminuir população de rua em Cuiabá

Seminário discute ações para diminuir po