Conectado por

Rondônia

Cemetron retoma atendimento a pacientes com doenças tropicais

Publicado por

em

O Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron) retoma todos os atendimentos voltados para as doenças tropicais, que estavam suspensos desde o início da pandemia do novo coronavírus, simultaneamente ao atendimento dos pacientes com Covid-19, que têm uma ala inteira (prédio anexo) com 58 leitos para internação e tratamento na mesma unidade de saúde.

Continua após a publicidade

Com a realização de alguns ajustes na área nova (anexo) do Cemetron, que incluem a aquisição de móveis, computadores e outros equipamentos necessários ao trabalho das equipes, há grande expectativa entre os gestores da saúde rondoniense de que haverá uma evolução considerável em todo o sistema, que vai poder prestar um atendimento mais humanizado aos pacientes que necessitam de tratamento especializado à Covid-19.

Conforme explicações da diretora adjunta da instituição, psicóloga Maria Orly Lima do hospital, com isso foi possível que o Cemetron retomasse o ritmo normal de atendimento, com o retorno dos pacientes portadores de doenças infectocontagiosas, como tuberculose, HIV, endêmicas e as provocadas por acidentes com animais peçonhentos entre outras, e aqueles que foram deslocados para outras unidades de saúde no início da pandemia do novo coronavírus.

“O anexo de 58 leitos do Cemetron passará a atender exclusivamente aos pacientes clínicos acometidos pela Covid-19 a partir desta sexta-feira (25)”, disse Maria Orly Lima, destacando que a obra está pronta e que a ala está sendo devidamente equipada para iniciar os atendimentos.

Secom/RO