Conectado por

fatalidade

Caso Daniel: testemunha disse que tentou conter agressões contra o jogador, mas que foi ameaçada por Edison Brittes


Compartilhe:

Publicado por

em

Lucas Mineiro, uma das testemunhas, que estava na casa da família Brittes no dia em que o jogador Daniel Correia Freitas foi morto, falou, com exclusividade, à RPC. Ele já prestou depoimento à Justiça sobre o caso e mora fora de Curitiba.

Daniel foi morto em 27 de outubro após participar da festa de aniversário de Allana Brittes, que começou em uma boate e terminou na casa da família.

“No momento em que eles estavam agredindo ele [Daniel], eu cheguei e falei: para, para. Ele [Edison Brittes] só olhou pra mim e falou: sai fora. Se você não vier me ajudar, sai fora se não você é o próximo”, contou Lucas.

O jovem disse ainda que atualmente toma medicamentos diários contra depressão e síndrome do pânico.

“Eu sonhei muito com aquilo que aconteceu. Acordava assustado e chamava a minha mãe porque a gente se sente uma criança de novo. A gente se sente inseguro, desprotegido. Parece que tudo em volta conspira contra mim”, contou.

Lucas Mineiro falou ainda sobre o que viu na festa onde Allana Brittes comemorou o aniversário de 18 anos, sobre o que mais viu na casa e sobre as agressões contra o jogador Daniel.

A entrevista completa será exibida nesta segunda-feira (5), no Meio-Dia Paraná, a partir das 11h45.

A entrevista foi feita em São Paulo no escritório do advogado de Lucas. Ele afirmou que sofreu ameaças e que está morando longe de Curitiba porque ainda tem medo de morrer.

Em depoimento à polícia, Edison Brittes, que é pai de Allana, afirmou que matou Daniel porque o jogador tentou estuprar Cristiana Brittes, esposa dele.

Segundo a investigação, Daniel tirou fotos ao lado de Cristiana, no quarto do casal, antes do crime. De acordo com a Polícia Civil e o Ministério Público do Paraná (MP-PR), não houve tentativa de estupro.

Seis dos sete réus estão presos desde novembro. Evellyn Perusso, acusada de falso testemunho e denunciação caluniosa, é a única que responde ao processo em liberdade.

O outro lado

O advogado que defende a família Brittes, Cláudio Dalledone, disse que Lucas faltou com a verdade na entrevista.

“Esse moço está merecendo ser processado criminalmente. Se isso fosse verdade, teria sido consignado, teria sido dito por ele quando foi ouvido em juízo e nada aconteceu nesse sentido. Menos ainda, na fase policial. Ele tenta, junto com o advogado dele, ganhar, nesse momento, um protagonismo. Ele quer, na verdade, aparecer”, relatou o advogado.

A defesa de Lucas Mineiro, representada pelo advogado Jacob Filho, disse que o protagonismo foi e é de Edison Brittes.

“Ele decepou o órgão genital de Daniel, que foi assassinado de forma brutal sem poder se defender. Esta manobra que o advogado Dalledone tenta fazer para amedrontrar a testemunha e seu advogado é em vão. Nós não temos medo, não nos acovardamos, não pertencemos a este grupo criminoso, que infelizmente não respeita limites”, declarou o advogado.

Assista reportagem em vídeo

Veja mais notícias da região no G1 Paraná.

( G1 )

Veja ainda:

Cris Brittes buscava divórcio com Edison antes da morte de jogador: ‘Espero que você…

Perícia realizada no celular da mulher do assassino do jogador Daniel revelou que o casal estava passando por um momento conturbado. A perícia realizada no…

Caso Daniel: Jogador foi retirado com vida do carro por Edison e primo de…

O jogador Daniel Freitas foi retirado do porta-malas do carro com vida por Edison Brittes e Eduardo Henrique da Silva, de 19 anos, primo de…

Caso Daniel: após ameaças, Cristiana e Allana Brittes são transferidas de ala em penitenciária…

A diretora da Penitenciária Feminina do Paraná informou à Justiça que Cristiana e Allana Brittes, acusadas de envolvimento na morte do jogador Daniel, foram…

Caso Daniel: Justiça nega habeas corpus para Allana Brittes

Ela, que tem 18 anos, é uma das seis pessoas presas no processo que investiga a morte do jogador. A Justiça do Paraná negou um…

‘Sempre foram meio malucos’, diz irmã de Cris sobre família Brittes

Edison Brittes confessou ter matado o jogador Daniel Corrêa e está preso. A família Brittes – envolvida no assassinato do jogador Daniel Corrêa em 27…

Caso Daniel: 3º dia tem depoimento de 2h de âncora de afiliada do SBT

O terceiro dia de audiência de instrução do caso Daniel, que aconteceu nesta quarta-feira (3), teve um longo depoimento do âncora da Rede Massa,…

Assassino confesso de Daniel recebeu proposta de 70 mil para tirá-lo da cadeia

Entre 35 e 40 bilhetes eram destinados a Edison Brittes por dia enquanto ele ficou preso Casa de Custódia de São José dos Pinhais,…

Caso Daniel: Assassino confesso de jogador se aconselhou com policial afastado

Uma série de áudios de WhatsApp vazados nesta semana revela que o empresário Edison Brittes, conhecido como Juninho Riqueza, autor confesso do homicídio do…

Polícia prende gêmeo suspeito de participar do assassinato de Daniel

A Polícia Civil do Paraná executou na manhã desta quinta-feira (15) a prisão de Eduardo Purkote, mais um suspeito de participação no assassinato do jogador…

Caso Daniel: jovem que ficou com jogador em festa depõe e revela mais detalhes…

Uma jovem de 19 anos identificada apenas como Evelin que ficou com o jogador Daniel Freitas durante a festa de aniversário de Allana Brittes disse à…
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *