Conectado por

Agronegócios

Carne de frango: exportações iniciais do mês prometem bons resultados em março


Compartilhe:

Publicado por

em

Naturalmente, os primeiros dados do mês tendem a uma diluição porque, em geral, trazem embutidos embarques não contabilizados do mês anterior. Mesmo assim, as exportações de carne de frango da primeira semana de março contêm resultados promissores, pois, pela média diária, abriram o período com o terceiro melhor resultado dos últimos 15 meses.

E se registram aumento de 14% em relação à média diária de março de 2020, também é verdade que, comparativamente a fevereiro passado, apresentam redução de quase 5,5%. Mas isto acaba sendo fato sem maior importância. Porque, em essência, março corrente é o mês mais longo do primeiro trimestre, com 23 dias úteis, contra (pelas contas da SECEX/ME) apenas 18 dias úteis em fevereiro. Aos números:

Entre 1 e 6 de março (cinco dias úteis) foram exportadas pouco mais de 85 mil toneladas de carne de frango, volume correspondente ao embarque médio de 17.019 toneladas/dia. E essa média, projetada para os 23 dias úteis do mês, sinaliza volume total ligeiramente superior a 390 mil toneladas, cerca de 20% a mais que o exportado há um ano e há um mês.

Esse é apenas um primeiro indicador, pois, como já dito, o volume médio diário sofre natural diluição à medida que o mês avança. Ainda assim, o sinalizado é o melhor volume dos últimos 10 meses

Não escapa, ainda, que o preço médio até agora registrado gira em torno de US$1.520/tonelada, valor ligeiramente superior ao de fevereiro passado e apenas 1,8% inferior ao de março de 2020. Ou seja: como março corrente é mês mais longo, a tendência é a de alcançar-se um resultado positivo também na receita cambial, algo que não vem sendo observado há, exatamente, 12 meses.

 

Agrolink

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento