Conectado por
Governo de Rondônia

Artigos & Colunas

Carlos Magno pré-candidato a prefeito em Ouro Preto, aposentados e produtores rurais devem usar cartão do BB, três nomes despontam na disputa pela prefeitura em Jaru

Publicado por

em


Continua após a publicidade

Por Waldir Costa / Rondônia Dinâmica

O ex-prefeito de Ouro Preto do Oeste, que também passou pela Assembleia Legislativa (Ale) e Câmara Federal, Carlos Magno admitiu que é pré-candidato nas eleições municipais deste ano, a princípio marcadas para outubro próximo, mas que poderão ser adiadas, devido ao coronavírus, que preocupa o mundo. A função mais recente de Magno foi como secretário de Indústria e Comércio na gestão do ex-prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires (PSB), onde também deixou a sua marca de político eficiente e comprometido com as causas importantes da população.

Solidariedade – A decisão de Carlos Magno concorrer mais uma vez a prefeito de Ouro Preto do Oeste tem o apoio do seu fiel companheiro na política, o ex- (governador, senador e prefeito de Rolim de Moura), Ivo Cassol, que admitiu publicamente que apoia o amigo Magno, hoje filiado ao Solidariedade. Mesmo com a crise mundial provocada pela coronavírus as eleições municipais, já ganha espaço em Ouro Preto, onde Carlão, como é mais conhecido está disposto a concorrer com enormes chances de sucesso, devido ao seu trabalho na política.

BB – Levando em consideração a dimensão assustadora que o coronavírus vem avançando em Rondônia, a superintendência do Banco do Brasil (BB) no Estado está orientando os produtores rurais e aposentados a usar o cartão de crédito nos caixas eletrônicos, ou a internet para realizar suas movimentações financeiras evitando aglomerações e desgastes e sem a necessidade de sair de casa. De acordo com o superintendente da instituição no Estado de Rondônia, Edson Lemos com o cartão tudo pode ser solucionado, desde o pagamento de boleto ao recebimento da aposentadoria. Usar a tecnologia para melhorar a vida das pessoas em tempo de pandemia é o melhor caminho.

Ventiladores – Um grupo de engenheiros da Escola Politécnica (Poli) da Universidade de São Paulo (USP) criou respirador que pode ser construído em apenas duas horas, equipamento da maior importância para o combate e controle do coronavírus. O aparelho foi aprovado em testes técnicos e com humanos e agora vai para aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O respirador, além da simplicidade na fabricação custa 15 vezes mais barato que os importados da China. Só falta a Anvisa “protelar” a aprovação do equipamento eficiente e brasileiro.

Jaru – As eleições municipais (prefeito, vice e vereador) de outubro próximo, que poderão ocorrer em dezembro, ou adiadas para 2022, o que seria um casuísmo, mesmo com as dificuldades do planeta devido os problemas com o coronavírus, pandemia, ainda, sem uma vacina movimenta Jaru. O prefeito João Gonçalves Júnior (PSDB) é pré-candidato à reeleição e há ao menos dois nomes em condições de fazer frente às suas pretensões: o ex-deputado Amauri da Muleta (PTB) e o radialista Sebastião Santana, do PRB. Polêmico e crítico tenaz da administração municipal, que não é das melhores, Santana vem ganhando espaço junto à comunidade e deverá surpreender na disputa pela Prefeitura de Jaru. Já Amauri faz parte de família tradicional da política regional, onde ele é o líder.

Respigo

É preocupante o cidadão comum ver e ouvir o ex-ministro da Justiça, Sérgio Mouro dizer, que deixou o cargo, porque não aceita “interferência política”. O cargo que ocupava, a convite do presidente Jair Bolsonaro Não é político?  +++ Se não aceita exercer a política (econômica, social, financeira, industrial, comercial, etc., etc.), por que aceitou ocupar um cargo político, pois não obteve nenhum voto para comandar o Ministério da Justiça? Se não aceita ser subordinado tem que ter voto, ser eleito +++ Esperava-se muito mais de uma pessoa que chegou a ser venerada no país. Lamentável… +++ A vereadora de Porto Velho, Cristiane Lopes (PP) está animada com a possibilidade de concorrer à prefeitura nas eleições deste ano. Cristiane tem uma reeleição praticamente garantida e realiza um bom trabalho no legislativo municipal, já na disputa do cargo executivo o desafio é grande +++ Potencial de voto e trabalho prestado ela tem. Resta saber se terá estrutura suficiente para concorrer ao cargo majoritário.

FONTE:https://www.rondoniadinamica.com/