Conectado por
Governo de Rondônia

Mato Grosso

Candidatos agradecem votos, coronel agradece Bolsonaro e Fávaro comemora vitória nas redes sociais

Publicado por

em

Os candidatos da eleição suplementar ao Senado e o novo senador eleito, Carlos Fávaro (PSD), se manifestaram em suas redes sociais agradecendo os votos que receberam. A Coronel Fernanda (Patriota), candidata que recebeu apoio de Jair Bolsonaro, ainda agradeceu ao presidente. Em seu perfil Fávaro comemorou a vitória.


Continua após a publicidade

O senador eleito Carlos Fávaro já ocupava o cargo como interino. Ele havia sido o terceiro colocado na disputa de 2018, que elegeu dois senadores. Após a cassação da chapa da ex-juíza Selma Arruda (Podemos) o Supremo Tribunal Federal (STF) o colocou no cargo. Neste domingo (15) os eleitores de Mato Grosso decidiram manter Fávaro no cargo. Ele foi eleito com 371.857 votos (25,97%). Em seu perfil no Instagram ele disse que estava confiante na vitória e agradeceu a população de Mato Grosso por ter acreditado em seu trabalho.

A candidata Coronel Rúbia Fernanda foi a segunda colocada na disputa, conseguindo 293.362 votos, (20,49%). Ela veio crescendo nas últimas pesquisas de intenção de voto, após aparecer em uma live do presidente, no entanto o declarado apoio de Bolsonaro não foi suficiente para elegê-la. Em seu perfil no Instagram ela agradeceu o apoio do presidente e parabenizou a todos os eleitos.

Em terceiro lugar ficou Nilson Leitão (PSDB). Nas eleições de 2018 ele era apoiado pelo então candidato à reeleição Pedro Taques, mas ficou em quinto lugar. Neste domingo ele recebeu 157.504 votos (11%). Em seu perfil no Instagram ele agradeceu os votos que recebeu e disse que “foi vontade de Deus que, dessa vez, não chegássemos ao Senado”.

Em quarto lugar ficou o deputado federal José Medeiros (Podemos), com 138.922 votos (9,70%). Medeiros era um dos que buscava apoio do presidente Jair Bolsonaro na campanha, chegando inclusive a utilizar o nome dele em sua propaganda, apesar do apoio declarado do presidente à coronel Fernanda. Após sair do cargo de senador se elegeu deputado federal em 2018. Em seu perfil no Instagram ele agradeceu seus eleitores, classificando-os como “pessoas que não se renderam as artimanhas do poder econômico e nem a candidatos da falsa direita”.

Em sexto lugar ficou o deputado Valdir Barranco (PT), com 117.933 votos (8,24%). Barranco recebeu apoio do ex-presidente Lula em sua campanha, inclusive com aparições em sua propaganda na TV, porém não foi suficiente. Até o momento ele não se manifestou em suas redes sociais sobre o resultado da eleição suplementar.

Em sétimo colocado ficou o Procurador Mauro (PSOL), com 97.573 votos (6,82%). O candidato do PSOL era um dos que estava bem colocado nas pesquisas na capital. Em seu perfil no Instagram ele fez agradecimentos e disse que fez “uma campanha limpa, porém o poder econômico, infelizmente, ainda é decisivo”.

Em oitavo lugar ficou Pedro Taques (SOLIDARIEDADE) com 71.368 votos (4,98%). Taques tentou reeleição em 2018, em uma campanha ao lado de Leitão e Selma Arruda, inicialmente, mas não venceu. O ex-governador, que já foi senador e deixou o cargo para concorrer, e vencer a eleição ao Governo em 2014, saiu do PSDB este ano, que tem Leitão como candidato, e se afiliou ao Solidariedade. Ele ainda não se manifestou nas redes sociais, apenas por nota, dizendo:

Pedro Taques (Solidariedade) agradece aos votos recebidos e parabeniza e deseja um bom trabalho ao senador eleito, Carlos Fávaro (PSD).

Por fim, deixa uma frase de Eduardo Galeano que diz: “a utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei. Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar”.

Em nono lugar ficou o Sargento Elizeu Nascimento (DC) com 66.966 votos (4,68%). Elizou também foi outro que buscou apoio do presidente Jair Bolsonaro em sua campanha, também utilizando a imagem do presidente em sua propaganda. Em seu perfil no Instagram ele agradeceu os votos que recebeu e disse que “agora Juntos vamos continuar trabalhando ainda mais por Mato Grosso, sigo Deputado Estadual, atuante como sempre”.

Em décimo lugar ficou Euclides Ribeiro (AVANTE) com 58.455 votos (4,08%). O advogado, ainda não muito conhecido na disputa política, percorreu o Estado inteiro e conseguiu apoio de vários prefeitos. Em seu perfil no Instagram ele disse que se sente “orgulhoso dessa caminhada”.

Em décimo primeiro ficou o empresário Reinaldo Morais (PSC), mais conhecido como o “Rei do Porco”, com 36.545 votos (2,55%). Reinaldo recebeu apoio declarado da ex-juíza Selma Arruda, que foi cassada e estava com o cargo em disputa. Ele ainda não se manifestou nas redes sociais sobre o resultado da eleição suplementar.

Em último lugar ficou Feliciano Azuaga (NOVO), com 21.214 votos (1,48%). O partido de Feliciano não faz coligações ou parcerias. Em seu perfil no Instagram ele agradeceu a todos “que apoiaram e acreditaram no nosso projeto de transformação e mudança”.

Fonte: OLHAR DIRETO