Conectado por

Cuiabá-MT

Campanha de vacinação contra Influenza é prorrogada até o dia 30 em Cuiabá devido à baixa adesão


Compartilhe:

Publicado por

em

A campanha de vacinação contra a Influenza em Cuiabá teve sua data de encerramento prorrogada para o dia 30 de junho, em 93 unidades básicas de saúde de Cuiabá, seguindo recomendação do Ministério da Saúde.

A medida é necessária porque a capital ainda não atingiu a meta de 90% de imunização dos grupos prioritários. Até a manhã de quarta-feira (17), houve cobertura de 83% dos grupos prioritários.

Apenas os profissionais da saúde e os idosos alcançaram e até ultrapassaram a meta de imunização, com os índices de 170% e 133%, respectivamente.

O que chama a atenção é a baixa adesão dos grupos compostos por crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), com 37%, 34% e 46% da meta atingida, respectivamente.

Adultos entre 55 a 59 anos também estão bem abaixo do esperado.

Das mais de 22 mil doses disponibilizadas, apenas 8,7 mil aproximadamente foram aplicadas, o que representa 38,25% desse público. Os dados são do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI).

A prorrogação da campanha é mais uma oportunidade para que as pessoas contempladas nos grupos prioritários possam receber a vacina, que protege contra três tipos de vírus: Influenza A (H1N1), A (H3N2) e Influenza B.

De acordo com a Responsável Técnica do Programa de Imunização do Município, Sandra Horn, a baixa procura nas unidades de saúde por parte da população ocorre tanto no caso da Influenza, quanto para outros tipos de vacina.

Uma das explicações para esse quadro é o receio das pessoas em se exporem ao novo coronavírus, causador da Covid-19, o que tem ocorrido em todo país.

Mas Sandra Horn ressalta que as equipes dos postos de saúde do Município estão tomando as medidas de biossegurança necessários, como controle de entrada para evitar aglomerações, e disponibilização de álcool para higienização das mãos dos usuários, além da obrigatoriedade do uso de máscaras.

A influenza é uma infecção que pode se apresentar com gravidade, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção.

A hospitalização e a morte ocorrem principalmente entre os grupos de alto risco.

Fases da campanha

Em Cuiabá, a campanha de vacinação da Influenza começou no início de abril, com a vacinação de mais de 61 mil idosos e de quase 26 mil profissionais da saúde pública e privada.

Na segunda fase, que ocorreu entre os dias 23 de abril e 9 de maio, a meta foi imunizar 45 mil profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários.

Para evitar aglomerações, houve mutirões de vacinação nos batalhões do Exército, sede da Polícia Federal, delegacias, Comando Geral da Polícia Militar, sindicatos e estradas.

A terceira fase da vacinação da Influenza ocorreu por etapas entre os dias 9 de maio a 5 de junho, voltada para professores de escolas públicas e privadas, crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes e puérperas, povos indígenas e adultos de 55 a 59 anos.

G1