Conectado por

Amazonas

Campanha de conscientização sobre o autismo iniciou neste domingo (31) em Manaus

Publicado por

em

Os tons de branco e azul deram cor à abertura da Campanha Municipal de Conscientização sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA) no domingo (31), no Complexo Turístico Ponta Negra, localizado na avenida Coronel Teixeira, Zona Oeste da cidade.

Para Mariley Matos Santos, mãe de Jonas Matos Santos, 23, diagnosticado com autismo, é importante que o Poder Público faça programações para conscientizar a população sobre a existência do Autismo, pois o preconceito ainda é grande na sociedade.

“É muito importante que as pessoas conheçam o autismo porque ainda existe muito preconceito. Eu, por exemplo, já passei por diversas situações com meu filho. Em restaurantes, shopping e até mesmo nas lojas já passei por constrangimento, onde uma vez um lojista quis até bater no meu filho por não conhecer sobre o autismo”, pontuou a tutora.

Mãe do Caio e do Gustavo, ambos diagnosticados com Autismo, Priscila Guedes, pontua que o preconceito e a falta de liberdade para freqüentar certos locais também ocasionam um preconceito com a família do autista.

“O Dia do Autismo é importante para que a sociedade possa conhecer os autistas e a partir daí respeitá-los. Não somente a criança com autismo, mas a família. Nós enfrentamos muitas dificuldades na parte social, de educação e na falta de uma inclusão efetiva. Nossa luta é para que nossas crianças possam freqüentar os locais que outras crianças freqüentam, que elas possam ser vistas como crianças normais, porque elas são normais e que a deficiência delas não seja maior do que o fato delas serem crianças”, desabafou Priscila.

Sobre a questão educativa, a professora Marlyan Silva, que além de educadora também é tia de uma criança com Autismo, a mediação por parte do professor é fundamental para trabalhar a interação da criança autista com os estudos e com a parte de socialização.

Ela também pontua que ainda falta mais dedicação por parte dos professores na capital na área de educação especial.

“Hoje em dia é comum a existência de crianças especiais nas escolas, por conta disso é importante que estejamos nos capacitando cada vez mais, pois assim, estaremos proporcionando não só uma educação melhor, mas ajudando a quebrar barreiras do preconceito”, esclareceu a professora.

Sobre o evento

A programação fez alusão ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo, celebrado nesta terça-feira (2) e foi coordenada pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) e Fundo Manaus Solidária.

Durante todo o mês de abril a Prefeitura de Manaus também promove uma programação dedicada às pessoas com autismo envolvendo atividades físicas, lúdicas, palestras e audiência pública acerca do tema.