Conectado por

Amazonas

Caminhada de conscientização sobre saúde mental oferece atendimentos psicológicos gratuitos, em Manaus


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Uma caminhada será realizada na manhã deste domingo (27), na orla da Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus. A ação integra a campanha “Janeiro Branco”, dedicada aos cuidados da saúde mental e emocional. Além do trabalho de conscientização, um grupo de especialistas fará orientações psicológicas gratuitas.

A concentração começa a partir das 7h30 e às 8h será iniciada a caminhada pela avenida Coronel Teixeira. No local, haverá espaço para orientação psicológica gratuita.

A psicóloga Camila Macedo, que é uma das organizadoras da campanha na capital amazonense, explicou que o “Janeiro Branco” é uma campanha para colocar os temas da saúde mental com máximo de evidência em prevenção ao adoecimento emocional da humanidade. O objetivo é sensibilizar a população, as instituições públicas e privadas sobre o cuidado com a saúde mental.

Os psicólogos e psiquiatras voluntários da ação buscam valorizar e atender as demandas individuais e coletivas.

“Todo o trabalho é feito voluntariamente. A campanha iniciou em Uberlândia pelo psicólogo Leonardo Abrahão e já se expandiu pelo Brasil inteiro, inclusive estamos rompendo fronteira”, disse Camila Macedo.

O mês de janeiro foi escolhido por ser momento de transição de um ano para o outro, quando as pessoas tendem a fazer reflexões sobre a vida.

“Por que janeiro? Janeiro é o ano novo. O tempo de voltar e olhar para si, reescrever nossa história e fazer planos para o ano. Por que não pensar na saúde mental? Fazemos uma conscientização do que eu estou fazendo para cuidar da minha saúde mental e nos mínimos aspectos. De você respeitar o próximo, de ter tempo para sua família e de tirar um tempo para si para se afastar do estresse do trabalho e da correria do dia a dia”, esclareceu a psicóloga.

A ação visa contribuir na ampliação da cultura da saúde mental e quebrar tabus sobre o assunto.

“Queremos quebrar esses tabus de que psicólogo é só para doido e a saúde mental não serve. Quando estamos com dor de dente vamos ao dentista. Quando estamos com febre para o médico. Se eu estou sofrendo emocionalmente, por que não vou procurar um psicólogo?”, destacou Camila Macedo.

 Voluntários farão esclarecimentos sobre saúde mental para conscientizar a população — Foto: HSM/Divulgação

Voluntários farão esclarecimentos sobre saúde mental para conscientizar a população — Foto: HSM/Divulgação

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze + 18 =

Publicidade
CRÉDITO JÁ - EMPRÉSTIMOS
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento