Conectado por

Acre

Cabeleireira do AC que cancelou festa de casamento após vestido de noiva ser entregue no RJ ganha R$ 8 mil de danos morais


Compartilhe:

Publicado por

em

Uma cabeleireira de Rio Branco, capital do Acre, ganhou na Justiça uma indenização de danos morais após o vestido de noiva que tinha comprado em um site internacional ter sido entregue no Rio de Janeiro (RJ). O caso ocorreu em 2020 e a noiva teve que cancelar a festa de casamento.

A decisão não cabe mais recurso. A empresa entrou com recurso contra a sentença de primeiro grau, a Justiça negou o pedido e os membros da 1ª Turma Recursal dos Juizados Especiais da Comarca de Rio Branco mantiveram o pagamento de R$ 8 mil por danos morais.

A reportagem não conseguiu contato com o advogado da empresa citado no processo.

Ao G1, a advogada Octavia de Oliveira Moreira, que representa a cabeleireira, explicou que a cliente entrou em contato com os representantes do site internacional para saber o motivo do atraso na primeira vez. O contratante deu uma nova data, ela remarcou a festa de casamento e ficou à espera da roupa.

“Atrasou demais e ela verificou que foi entregue no Rio de Janeiro, ficaram de reenviar e não enviaram. Não fizeram o reembolso, foi entregue no Rio de Janeiro em um endereço totalmente diferente”, lamentou.

Sem o vestido e o dinheiro da compra, a consumidora desmarcou a festa e casou apenas no civil em um cartório. A situação levou a cabeleireira a desmarcar contratos com o buffet, dispensar as madrinhas de casamento, salão de beleza e outros contratados.

“A primeira vez ela conseguiu desmarcar, conseguiu a entrega do bolo para outra data, desmarcou o salão de beleza. Na segunda vez já não conseguiu mais e cancelou. Não fez a festa”, afirmou.

G1.globo.com

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento