Conectado por

Esporte

Brasil tem semifinalista na principal categoria do 50º Banana Bowl

Publicado por

em

O brasileiro Natan Rodriguesoestá na semi (Foto: Luiz Candido, CBT)

Criciúma (SC), 14 de fevereiro de 2020 – O Brasil tem um tenista na semifinal da principal categoria do 50º Banana, o mais tradicional torneio de tênis infantojuvenil da América Latina. Nesta sexta-feira, o baiano Natan Rodrigues confirmou o favoritismo como cabeça de chave número 1 do torneio e superou o francês Martin Breysach em três sets: 4/6, 6/0 e 6/2. Na semifinal, que será realizada a partir das 10:00 horas deste sábado, ele enfrenta o norte-americano Dali Blanch.

Depois de ver o francês começar o melhor e dominar o jogo no primeiro set, Natan reagiu a partir da segunda parcial, quando fez 6/0 e ganhou confiança para fechar o jogo. Para ele, o apoio da torcida local foi fundamental para recuperar a energia durante a partida.

“Não comecei o jogo com a energia ideal, o que não pode acontecer. Mas me toquei e pouco a pouco consegui me puxar, com a torcida e o Thiago Alves (trinador) me ajudando muito. Consegui elevar meu nível de energia e depois ficou até tranquilo. A torcida também fez a diferença, a arquibancada estava mais cheia e foi fundamental para chegar à vitória”, destaca Natan.

A última vez que um brasileiro havia atingido essa fase do Banana Bowl foi em 2017, quando Thiago Wild venceu o seu jogo para alcançar a final da competição – um ano antes do título do US Open juvenil. 

Cabeça de chave número 2, o italiano Luciano Darderi foi eliminado na segunda rodada. O campeão do Brasil Juniors Cup sentiu o cansaço da sequência de jogos e perdeu para o argentino Roman Burruchaga por 6/0 e 6/2. O chinês Hanwen Li venceu o norte-americano Bruno Kuzuhara por 7/5 e 6/0, e Dali Blanch (EUA) superou Juncheng Shang (China) por 6/4 e 6/3.

Madison Sieg (dos Estados Unidos) está na semi (Foto: Luiz Candido, CBT)

No feminino, algumas das favoritas perderam na rodada. Cabeça de chave número 5, a uruguaia Guillermina Grant perdeu para a ucraniana Sabina Zeynalova por 5/4, 6/4 e 6/0. Ele enfrentará na semi a norte-americana Elvina Kalieva, que passou pela mexicana Julia Garcia, cabeça 3, por 6/3 e 6/4. A outra semifinal será entre a espanhola Leyre Gormaz e a norte-americana Madison Sieg.

O Banana Bowl tem a realização da Confederação Brasileira de Tênis em parceria com a Federação Catarinense de Tênis e a Associação Tênis RJ. Patrocínio de BRB, o Patrocinador Master do Tênis do Brasil, Wilson, Peugeot e WA Sport. Apoio de Farben, Cristalcopo, Interclass, Cardall, Prefeitura de Morro da Fumaça e Orthopride.

RESULTADO DE SEXTA-FEIRA
Quartas de final – Masculino
Natan Rodrigues (1) (BRA) d. Martin Breysach (5) (FRA) por 4/6, 6/0 e 6/2
Dali Blanch (4) (USA) d. Juncheng Shang (CHN) por 6/4 e 6/3
Hanwen Li (3) (CHN) d. Bruno Kuzuhara (12) (USA) por 7/5 e 6/0
Roman Burruchaga (6) (ARG) d Luciano Darderi (2) (ITA) por 6/0 e 6/2
Semifinal – Sábado
Quartas de final
Natan Rodrigues (1) (BRA) vs. Dali Blanch (4) (USA)
Hanwen Li (3) vs. Roman Burruchaga (6) (ARG)
Quartas de final – Feminino
Sabina Zeynalova (UKR) d. Guillermina Grant (5) (URU) por 5/4, 6/4 e 6/0
Elvina Kalieva (8) (USA) d. Julia Garcia (3) (MEX) por 6/3 e 6/4 
Leyre Gormaz (ESP) d. Beatrice Ricci (9) (ITA) por 4/6, 6/3 e 6/2
Madison Sieg (6) (USA) d. Tina Smith (14) (AUS) por 6/4 e 6/2
Semifinal – Sábado
Sabina Zeynalova (UKR) vs. Elvina Kalieva (8) (USA)
Leyre Gormaz (ESP) vs. Madison Sieg (6) (USA)
Confira as chaves e a programação completa no site oficial do Banana Bowl
A Confederação Brasileira de Tênis tem o patrocínio do BRB, Patrocinador Master do Tênis do Brasil, da Wilson, da Peugeot e da W A Sport. Apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Siga tudo sobre a CBT em www.cbtenis.com.brwww.facebook.com/cbtoficialwww.twitter.com/cbteniswww.instagram.com/cbtoficial e www.flickr.com/cbtenis.