Conectado por

Mato Grosso

Eduardo Botelho se licencia e Janaína Riva assume AL/MT

Publicado por

em

A deputada estadual Janaína Riva (MDB) irá assumir o comando da Assembleia Legislativa-AL/MT em abril. A emedebista substituirá o presidente do Parlamento, deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), que irá se licenciar por 120 dias.

O democrata deve apresentar o requerimento pedindo o afastamento na próxima semana, após a votação final do projeto de lei que autoriza o Executivo Estadual a contrair um empréstimo de US$ 332 milhões junto ao Banco Mundial.

Deste montante, conforme o governador Mauro Mendes (DEM), US$ 250 milhões será utilizo para quitar a dívida de Mato Grosso com o Banc Of America.

Botelho deve acompanhar todos os tramites da mensagem na Casa de Leis. Atualmente o processo está na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR). Ele passou pela primeira votação na sessão plenária da última quinta-feira (28).

Finalizando a aprovação da mensagem até quinta-feira (04), o democrata já deve entrar com pedido de licença. Com isso, Janaína assume o comando da Casa de Leis. Esta será a primeira vez que uma mulher irá presidir o Parlamento Estadual.

“Obrigada por proporcionar a todas nós mulheres esse momento único. Vou corresponder a altura a sua confiança”, disse a emedebista ao deputado Botelho em uma publicação em sua rede social.

A licença do presidente do Legislativo deve mexer, inclusive, na composição da Câmara Municipal de Cuiabá. Isto porque, assume em seu lugar na Assembleia o vereador Toninho de Souza (PSD), primeiro suplente da coligação Dante de Oliveira II, que reúne o DEM, PSDB e PSD.

Para assumir a vaga no Legislativo Estadual, o social democrata não precisará renunciar de seu mandato de vereador graças a emenda na Lei Orgânica do Município, promulgada pela Câmara de Cuiabá, que permite aos vereadores ocupar cargos de senador, deputado federal e deputado estadual sem precisar renunciar à vaga no Parlamento Municipal.

Diante disso, Toninho deve apenas pedir licença. Em seu lugar assume o primeiro suplente, Maurélio Ribeiro (PSDB).