Conectado por

AL/MT

Botelho garante que busca a reeleição, mas não descarta ser vice de Mendes nas eleições de 2022


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

O deputado estadual Eduardo Botelho (DEM) não descartou a possibilidade de ser vice-governador de Mauro Mendes (DEM) nas eleições de 2022. Sobretudo, não negou o desejo de, futuramente, chegar ao comando do Palácio Paiaguás. Enquanto isso, Botelho garante que segue articulando sua reeleição no ano que vem.

As declarações foram dadas nesta terça-feira (7), durante entrevista à Rádio Capital FM.

Minha vontade era ser governador, mas no momento sou candidato a reeleição

“No momento o que está sendo colocado para mim é a minha candidatura á reeleição como deputado estadual. Lá na frente, se houver outras opções, evidentemente, nós poderemos entrar em outra disputa”, afirmou o parlamentar.

Revelando, sem meias palavras, inclusive, que não descarta ser vice, na dobradinha com Mauro Mendes(ambos democratas), nas eleições do ano que vem, em eventual reeleição do gestor estadual. E, nem tampouco, escondeu seu sonho de algum dia comandar o Palácio Paiaguás.

“Minha vontade era ser governador, mas no momento sou candidato a reeleição. Evidentemente, ainda tenho o sonho de governar o Estado ou de ser prefeito da capital. Mas, neste momento, o que vislumbro, é ser candidato a deputado estadual”, completou.

Questionado sobre a possibilidade do deputado federal Neri Geller (PP) recuar sua candidatura ao Senado para ser candidato a vice-governador na chapa de Mendes, Eduardo Botelho disse desconhecer tal articulação.

“Essa articulação ainda não chegou para os deputados na Assembleia Legislativa. Isso ainda não está colocado na mesa como uma discussão. Eu vi apenas conversas de poucas pessoas, não ouvi da boca do governador, do Neri(Neri Geller(PP), ou do senador Wellington Fagundes(PL). Até onde sei, Neri me disse que ele continua candidato a senador”, concluiu Botelho.

Caso se concretize tais articulações, o senador Wellington Fagundes (PL) iria à reeleição na mesma chapa que Mendes e Geller, garantindo assim o apoio do presidente Jair Bolsonaro ao atual governador e fortalecendo ainda mais a sua reeleição.

Obomdanoticia.com.br

Publicidade
CRÉDITO JÁ - EMPRÉSTIMOS
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento