Conectado por

Mato Grosso

Bombeiros e policiais impedem que jovem se jogue de torre de telefonia com 70 metros de altura


Compartilhe:

Publicado por

em

A Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros conseguiram impedir que um homem se jogasse de uma  torre de telefonia celular em Nova Canaã do Norte (699 quilômetros de Cuiabá). A vítima estava a aproximadamente 70 metros de altura. O ação foi realizada na última segunda-feira (22). O jovem, de 22 anos, desistiu de tirar a própria vida após muita conversa e intensa negociação com os policiais.

De acordo com o delegado Ruy Guilherme Peral da Silva, a Polícia Civil foi acionada por volta das 13h40. As informações apontavam que o jovem subiu na torre de telefonia, de cerca de 70 metros de altura. Segundo as informações, em razão de problemas familiares, a vítima pretendia cometer suicídio.

De imediato, foi determinado o isolamento do local e acionado o Corpo de Bombeiros para auxiliar o resgate da vítima e a ambulância para dar apoio a ocorrência. A partir de então, os policiais junto a familiares da vítima começaram a conversar com o jovem, através de um telefone celular com objetivo de dissuadi-lo da ideia de tirar a própria vida.

Após diversas tentativas e muito diálogo com a equipe de investigadores, o jovem decidiu descer da torre acompanhado da equipe do Corpo de Bombeiros.

“Foi um trabalho que graças a intensa negociação realizada pelos investigadores de polícia teve um final feliz, fazendo com que o jovem desistisse da ideia de tirar a própria vida”, disse o delegado.

CVV

O suicídio já foi um ‘tabu’ muito maior, mas ainda é difícil falar sobre o assunto. De acordo com a assessoria do CVV, o ano de 2017 foi um marco nacional nesse quesito, com a ocorrência de alguns fatores que colaboraram a população como um todo a dar mais atenção ao tema e procurar informações.
 
O CVV atende todos os dias da semana, 24 horas por dia, pelo telefone 188, por e-mail, chat ou serviço voip com total sigilo e de forma gratuita. O CVV Cuiabá realiza ainda diversas ações presenciais através do Programa CVV Comunidade, que leva palestras de orientação, cursos e rodas de conversa para as comunidades, escolas e instituições.

Além disso, o Grupo de Apoio aos Sobreviventes do Suicídio (CVV GASS) fornece apoio emocional aos sobreviventes e familiares. As reuniões ocorrem todas as terças-feiras a partir das 19h30 na sede do CVV Cuiabá. Mais informações no www.cvv.org.br